Trabalhar por conta própria vs trabalhar por conta de outrem

São inúmeras as diferenças entre trabalhar por conta própria e trabalhar por conta de outrem. Revelamos-lhe algumas para que possa ponderar a decisão acerca do seu futuro profissional.

Segurança vs risco

Desde logo, a questão da segurança, se bem que seja um termo cada vez menos associado ao mercado de trabalho. Poderemos substitui-lo por risco.

Ao trabalhar por conta de outrem, o risco de ficar desempregado é constante. Seja no sector público ou no privado, quando o cenário da economia não é favorável, a redução começa sempre nos recursos humanos. Se trabalhar por conta própria, até pode sofrer as consequências dessa conjuntura, mas não vai despedir-se a si próprio.

A mesma insegurança está associada à idade. Para ser contratado por alguém, é sempre mais fácil quando se é mais jovem. Com o avançar da idade, as probabilidades de trabalhar por conta de outrem diminuem. Se a empresa for sua, enquanto for viável economicamente e enquanto estiver determinado a tal, o trabalho mantém-se. Quer tenha 25 ou 60 anos.

Retribuição fixa vs retribuição variável

E a remuneração será igual? Também não. Ao trabalhar por conta de outrem tem um salário fixo, coisa que pode não acontecer enquanto independente. Pelo menos, nos primeiros tempos do seu negócio. Mas também pode trabalhar dezenas de anos para outros pelo mesmo salário, isto é, sem atualizações. Caso trabalhe para si e o negócio corra bem, a retribuição também será maior.

Trabalho vs lazer

As diferenças são igualmente notórias na gestão do tempo e na conciliação do trabalho com a vida pessoal. Quando se é trabalhador dependente, há horários a cumprir e, muitas vezes, parte das férias marcadas pela empresa. No trabalho por conta própria, é você quem gere o seu tempo. Muitas vezes, sobretudo numa fase inicial, trabalhará bem mais do que as 8 horas diárias, mas poderá organizar-se de forma a ter tempo livre quando precisar. E se trabalhar sozinho poderá marcar as férias para quando lhe convier.

Progressão na carreira vs progressão pessoal

Trabalhar mais e dedicar-se, no trabalho por conta de outrem, pode ser sinónimo de progressão na carreira. Mas nem sempre os superiores o incentivam a isso nem estão apostados em que evolua. Talvez para não verem o seu posto em causa. Se cria o seu negócio e é patrão de si mesmo também não evolui em termos hierárquicos. Mas evolui profissionalmente à medida que vai conseguindo superar novos desafios e alcançar objetivos mais ambiciosos.

Se ainda tem dúvidas ao comparar o trabalho por conta própria a trabalhar por conta de outrem, conheça cinco razões para não trabalhar para outros.