As taxas de ADSE mudaram ao longo dos anos em Portugal.

Taxa de desconto para a ADSE

Os funcionários públicos e aposentados do Estado devem descontar 3,5% do seu rendimento por mês para a ADSE - o sistema geral de Proteção Social dos Funcionários e Agentes da Administração Pública.

Esta taxa de 3,5% incide sobre o salário base dos beneficiários titulares no ativo e sobre as pensões de aposentação e de reforma.

No caso das pensões de valor igual ou menor do que a retribuição mínima mensal garantida, aplica-se uma isenção de contribuição.

Aumento da taxa de ADSE

A taxa de ADSE era inicialmente de 0,5%, mas em 1981 ela mudou para 1%.

Em 2006 aumentou-se a taxa de contribuição para 1,5% e se aplicou também uma taxa de 1% nas pensões de aposentação e de reforma de valor igual ou superior ao correspondente a uma vez e meia a retribuição mínima mensal garantida.

Já em 2013 passou a aplicar-se uma taxa de 2,25% a todos os beneficiários.

Em 2014 registaram-se novos aumentos nos descontos da ADSE: para 2,5% em janeiro, e poucos meses depois para 3,5%, chegando-se à taxa que atualmente se aplica.