Tabelas de retenção na fonte 2018

Já são conhecidas as tabelas de IRS para 2018. Se é trabalhador dependente ou pensionista já pode saber quanto descontará de IRS durante todos os meses de 2018.

Os salários de janeiro já deverão ser pagos segundo os valores das novas tabelas.

Tabelas de IRS 2018 de Portugal Continental e das Ilhas

Pode descarregar todas as tabelas de IRS 2018 - Trabalho dependente em Excel.

Pode consultar ou descarregar as tabelas de IRS 2018 - Trabalho Dependente em pdf.

Também pode consultar ou descarregar as tabelas de pensionistas em pdf ou tabelas de pensionistas em excel.

Pode consultar as tabelas de IRS 2018 sobre os rendimentos de trabalho dependente e pensões em vigor para a Região Autónoma dos Açores. 

Pode também consultar as tabelas de IRS 2018 sobre  os rendimentos do trabalho dependente e pensões em vigor para a Região Autónoma da Madeira. 

O que muda nas tabelas de retenção na fonte 2018?

Como era previsto, há um desagravamento dos impostos para salários inferiores a 3094€. Os salários superiores a essa valor, não sofrem qualquer alteração fiscal.

Até 632 euros mensais não há retenção de IRS em 2018 para não casado ou casado dois titulares. Em 2017 este valor era de 615 euros. Por exemplo, um trabalhador que receba mensalmente 630€, em 2018 não desconta IRS, enquanto que em 2017 descontava 5%.

Para os contribuintes casados em que somente um deles recebe rendimentos, a retenção mantém-se a partir de 641 euros.

Cálculo do salário líquido em 2018

Para sentir o verdadeiro peso das tabelas de retenção na fonte ao fim do mês pode fazer o cálculo automático do salário líquido no simulador de salário líquido do Economias.

Sobretaxa extraordinária

Em 2018, já não existe a sobretaxa extraordinária em nenhum escalão.

Estas tabelas de retenção na fonte em sede de imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) aplicam-se aos rendimentos auferidos por titulares em Portugal, nomeadamente nos rendimentos das categorias A (trabalho dependente) e H (pensões).