O salário mínimo na Madeira é de 540,60 euros desde 1 de janeiro de 2016, mais 10,60 euros do que o salário mínimo em Portugal Continental.

Ordenado mínimo na Madeira: dados

A retribuição mensal mínima garantida no Arquipélago da Madeira aumentou em 2016, passando de 515,10 euros para 540,60 euros, a partir de dia 1 de janeiro de 2016. Este valor corresponde a um aumento na ordem de 2% sobre o valor nacional, existindo desde 1988, sendo justificado como uma medida de compensação com os custos de insularidade.

Comparativamente a 2015, registou-se um aumento de 25,50 euros no ordenado mínimo na Madeira. Contas feitas, são mais 357 euros que os trabalhadores na Madeira arrecadam ao final do ano (conta efetuada com 14 meses).

Face ao valor anterior vigente na região, o ordenado mínimo na Madeira subiu 5% em 2016.

Já em relação ao ordenado mínimo nos Açores, o ordenado mínimo da Madeira é inferior (em 15,90 euros).

Aplicação do aumento do salário mínimo

Este aumento do ordenado mínimo na Madeira não se aplica somente a quem aufere o salário mínimo, mas sim também a todos os outros ordenados nesta região, em todos os setores de atividade.

Conheça as taxas de IRS na Madeira.