Os Desempregados Entregam IRS?

Está desempregado e não sabe se deve entregar a declaração de IRS? Conheça já a resposta.

Isenção

Quem esteve desempregado o ano inteiro não necessita de entregar IRS. Quem esteve desempregado durante uma parte do ano já terá de preencher o IRS, no caso de ter recebido mais de 8500 euros de trabalho dependente ou pensões. Se este valor anual de rendimentos não for alcançado, o contribuinte está dispensando de entregar o IRS.

Saiba quem não precisa de entregar o IRS.

Subsídio de Desemprego

Os subsídios da Segurança Social, como o subsídio de desemprego, não constituem rendimentos sujeitos a tributação de IRS, pelo que não entram na declaração de IRS em nenhuma categoria.

Se o desempregado que recebeu subsídio de desemprego optar por entregar a declaração para algum efeito, ele pode tentar entregar a declaração em branco, bastando identificar-se no modelo 3.

Caso preencha a declaração pela internet, esta encontra-se já preenchida com os seus dados, como o nome e o número de contribuinte. Outra opção é pedir uma declaração nas Finanças que ateste a não obrigatoriedade de entrega de IRS.

Anexos

Se existirem outros rendimentos ao longo do ano, que não o subsídio de desemprego, como rendimentos de trabalho dependente, estes devem ser declarados para efeitos de IRS no anexo A. Se o desempregado abriu atividade independente, os rendimentos já se enquadram no anexo B.