Melhores sites de compras chineses

Os sites de compras chineses oferecem a possibilidade de comprar artigos mais baratos do que encontra no mercado nacional. Mas antes de pagar e mandar vir produtos do outro lado do mundo, convém saber quais são os melhores sites de compras chineses. Conheça sites com produtos de qualidade e que lhe oferecem a garantia de compras seguras.

AliExpress

O AliExpress é o gigante chinês das compras online internacionais. Dentro do site vai encontrar uma grande variedade de produtos, mas não é o AliExpress que os vende. O AliExpress liga os comerciantes dos artigos divulgados no site, aos consumidores. Pode fazer pesquisa por artigo ou por loja, se já sabe a que vendedor quer comprar. 

Alguns vendedores do AliExpress são mais confiáveis do que outros, razão pela qual deve estar muito atento às críticas dos produtos que pesquisar. No AliExpress os consumidores têm por hábito comentar o artigo adquirido, carregando fotos do produto recebido. 

aliexpress

DealExtreme

O DealExtreme, também conhecido como DX, conquistou a confiança dos compradores de tecnologia e gadgets, a área em que se destaca. Também comercializa artigos desportivos, bricolage e jardim, acessórios para veículos, vestuário, entre outros.

Tem como grandes vantagens o facto de estar disponível em português, ter portes grátis para Portugal, oferecer várias opções de pagamento e ter um serviço de acompanhamento da encomenda. 

DealExtreme

Os preços praticados são muito competitivos, pelo que vale a pena pesquisar e comparar o preço a pagar pelo seu próximo telemóvel ou computador.

O DealExtreme é um site confiável, uma vez que assume responsabilidade pelos produtos que disponibiliza à sua clientela.

DHgate

Com milhares de produtos distribuídos por dezenas de categorias, o DHgate é o portal ideal para fazer negócios da China. É um agregador de vendedores, tal como o AliExpress, o que significa que atua como uma plataforma intermediária, que dá publicidade aos vendedores que vendem ao consumidor.

Ao pesquisar um produto, aparece uma lista de vários vendedores e o comprador é que escolhe qual prefere. No separador "Superior Suppliers" encontra uma seleção de fornecedores de confiança, que oferecem garantias no que respeita ao prazo máximo de entrega e política de devolução.

DHgate

O DHgate disponibiliza vários métodos de envio e de pagamento, e dependendo do destino da encomenda pode ser possível pagar em até 12 prestações. Se o produto não for enviado no prazo máximo admitido pelo site, o cliente pode abrir uma reclamação e receber o dinheiro de volta.

Gearbest

Mais um site chinês a dar cartas no campo das compras online. Se procura um gadget a bom preço, o Gearbest é o site a explorar, uma vez que atua no mesmo nicho de mercado do DealExtreme, ou seja, na venda de produtos tecnológicos. Artigos de vestuário, relógios, casa, jardim e desporto são outras secções em destaque.

Na secção de "Venda Flash" encontra artigos a metade do preço de mercado, apenas disponíveis durante um curto período de tempo. 

GearBest

O Gearbest é um site de compras confiável e armazena alguns dos seus produtos em armazéns situados na Europa, o que garante prazos de entrega mais rápidos e evita encomendas retidas na alfândega.

Banggood

O Banggood está no top 5 dos sites de compras chineses e vende artigos de todas as categorias. Pode pesquisar por categoria ou através da barra da pesquisa, e ao identificar o produto pretendido pode ver produtos semelhantes se clicar em "See Similar Items", o que lhe permite conhecer outras marcas e comparar preços entre artigos. Ao escolher o método de pagamento pode, também, optar por adquirir um seguro (por um valor simbólico) que lhe garante ser reembolsado em caso de extravio ou dano no produto.

Banggood

Como noutros sites de compras online são reportados problemas com o prazo de entrega das encomendas, devolução de artigos, ou reembolso do dinheiro em caso de não entrega do produto, mas, no geral, a experiência de compra no site Banggood é positiva.

Alibaba

No Alibaba encontra alguns produtos que não vê noutros sites, como materiais de construção e maquinaria pesada. À semelhança do AliExpress, o Alibaba é um agregador de vendedores. Significa que o nível de confiança que pode ter no site depende apenas do fornecedor a quem pensa comprar artigos.

alibaba

A grande vantagem do Alibaba é que segrega os vendedores que operam na plataforma através de três filtros: "Trade Assurance" (fornecedor com seguro), "Gold Supplier" (vendedores de ouro) e "Assessed Suplier" (vendedores com avaliações positivas).

Cada vendedor é, ainda, alvo do "Transaction level", uma escala de avaliação que se baseia no número de transações efetuadas. Se estiver atento a estas características dos vendedores, as suas compras online não têm como dar errado.

LightIntheBox

Mais um site chinês em que pode comprar em português. O LightInTheBox dá especial destaque ao vestuário, acessórios de moda e artigos pra a casa, disponíveis a preços da China. 

O LightInTheBox tem um separador de "Pré-venda", que permite ao consumidor comprar um artigo, com grandes descontos, antes de ser disponibilizado no site. No separador "Flash Sales" vai encontrar artigos com descontos até 95%.

lightinthebox

MiniInTheBox

Mais um site com artigos para todos os gostos e com preços de deixar os olhos em bico. O MiniInTheBox é um site do mesmo grupo do LightInTheBox, mas mais direcionado para produtos tecnológicos e acessórios.

À semelhança dos outros sites de compras chineses, permite escolher diferentes modos de entrega da encomenda e métodos de pagamento, desde Paypal a cartão de crédito.

Miniinthebox

Encomendas da China retidas na alfândega

Quando uma encomenda vem de um país fora da Europa, é sujeita a um controlo alfandegário mais apertado e pode ter que ser taxada. É o que acontece com os produtos mandados vir de países asiáticos, entre eles, a China. 

A sua encomenda pode ou não ficar retida, é uma questão de sorte, uma vez que a triagem é aleatória. Todas as encomendas acima dos 22 euros com origem fora da UE deviam pagar IVA, mas nem todas ficam retidas para esse efeito.

Outra razão para a sua encomenda da China ficar retida na alfândega é o facto de o produto ser uma falsificação. Ao comprar "réplicas" em sites chineses, pode estar a colaborar com o negócio da contrafação.