5 Impostos que vão descer em 2017

Nem tudo são más notícias: alguns impostos vão mesmo descer em 2017, contrariando a tendência registada praticamente no início de todos os ano, de aumento de preços.

1. IMI

Já são conhecidas as taxas de IMI para 2017 por concelho. Nenhum dos municípios portugueses aumentou as suas taxas de IMI, mantendo ou mesmo baixando a taxa aplicada no ano anterior.

Assim, em vários concelhos do país, a carteira dos portugueses estará um pouco mais desafogada em abril, no mês de pagamento deste imposto municipal.

2. Sobretaxa Extraordinária de IRS

Não só desce como também se elimina a sobretaxa sobre os rendimentos dos trabalhadores e dos pensionistas em 2017. A sobretaxa extraordinária de IRS conhece finalmente o seu fim em 2017.

O primeiro escalão de rendimentos já tinha feito o funeral à sobretaxa em 2016.

O segundo escalão de rendimento livra-se deste imposto a 1 de janeiro de 2017.

O terceiro escalão tem de pagar 0,88% de sobretaxa até 30 de junho de 2017.

No quarto escalão é necessário pagar 2,75% de sobretaxa até 30 de setembro de 2017 e no quinto 3,21% até 30 de novembro do mesmo ano.

3. IRC

Em vez de 17%, para as pequenas empresas do interior do país aplicar-se-á uma taxa de 12,5% para os primeiros 15 mil euros de matéria coletável.

4. Pagamento especial por conta

Há outra descida a registar nas empresas, nomeadamente nos pagamentos especiais por conta. O limiar mínimo do pagamento especial por conta é reduzido de 1.000 euros para 850 euros. O valor será diminuído progressivamente até 2019. 

5. Imposto de Selo

Com a entrada em vigor do imposto adicional de IMI deixa-se de aplicar o imposto de selo de 1% sobre imóveis os de VPT superior a 1 milhão de euros. Com o novo imposto, aplica-se uma taxa de 0,7% sobre o património acima dos 600 mil euros (ou 1,2 milhões de euros em casais).