6 dicas para fazer as melhores compras na Black Friday

É fácil perder-se nas publicidades, nos descontos e nas variadas ofertas especiais da Black Friday. Para fazer melhores negócios neste dia (ou fim de semana) pode colocar em prática as seguintes estratégias:

1. Investigar os preços com antecedência (mais do que uma vez)

Procure preços online ou nas lojas dos diferentes produtos que quer comprar. Aponte os modelos que mais gostou e descubra onde estão a preço mais reduzido. 

Mas faça duas pesquisas: uns dias antes e na véspera ou no próprio dia da Black Friday. É que há quem chame este dia de “Black Fraude”, havendo relatos de manipulação de preços, com as lojas a aumentarem o preço anterior dos produtos, resultando em descontos mínimos.

Existem regras para combater as falsas promoções, mas a maioria dos consumidores ainda não as conhece e deixa-se enganar. Fique atento e saiba mais no artigo:

2. Investigar as avaliações dos produtos

Não se limite a investigar sobre os preços. Veja o que os consumidores dizem sobre esse produto. Um mau produto é um mau negócio, apesar do seu preço baixo. Evite surpresas desagradáveis vendo vídeos e lendo textos de avaliação do produto que tem em mente para comprar.

dicas black friday

3. Procurar os negócios online

Algumas promoções estão disponíveis na loja, outras apenas online, outras em ambos. Esteja atento aos sites da sua preferência para descortinar os tipos de negócios disponíveis e para aceder às primeiras promoções. Ao comprar online evite estes erros:

4. Planear o roteiro das compras

Com a pesquisa realizada anteriormente pode traçar um roteiro de lojas a visitar para fazer as suas compras. Como os produtos são vendidos rapidamente na Black Friday, quanto mais cedo chegar a uma loja melhor. Caso não conheça um espaço comercial pode verificar online o mapa das lojas e do parque de estacionamento para desenhar o trajeto mais rápido até às suas compras.

Tratando-se de roupa ou calçado, vá experimentar antes! Para aproveitar a Black Friday não pode perder tempo a experimentar roupa nas lojas. Em alternativa, também pode comprar online e poupa tempo e dinheiro nas deslocações.

5. Fazer uma lista e um orçamento

Não saia de casa sem fazer uma lista das compras a fazer e sem estabelecer um preço limite até ao qual pode gastar. Vá sozinho para evitar atrasos ou então leve um parceiro para o ajudar, alguém que esteja dentro dos planos da sua “missão super poupança”.

Se perdeu as oportunidades da Black Friday não desanime: tem ainda as promoções da Cyber Monday, logo na segunda-feira seguinte.

6. Cuidado com as trocas

O plano de muita gente é aproveitar a Black Friday para fazer as compras de Natal. No entanto, fique atento aos prazos de troca e devolução. Algumas lojas permitem que os artigos comprados na Black Friday sejam trocados até janeiro, mas outras não são tão tolerantes.

Por mais apetecível que pareça o desconto, comprar roupa interior, maquilhagem, perfumes e cremes por impulso pode sair-lhe caro na hora de trocar, uma vez que os comerciantes destes produtos costumam proibir a troca destes artigos.

Conheça os seus direitos em matéria de trocas e devoluções no artigo: