O valor das deduções no IRS varia consoante a constituição do agregado familiar.

Deduções por membro do agregado familiar

O conceito de agregado familiar é abrangente, abarcando tanto dependentes como ascendentes a cargo. Quantos mais membros existirem no agregado familiar, maiores são as deduções possíveis no IRS.

Dedução de Valor das deduções (em euros)

por cada dependente maior de 3 anos (tributação separada do casal)

300
por cada dependente maior de 3 anos (tributação conjunta do casal ou de não casado) 600

por cada dependente de 3 anos ou menos (tributação separada do casal)

262,50
por cada dependente de 3 anos ou menos (tributação conjunta do casal ou de não casado) 725,00

por cada ascendente a viver em economia comum com o contribuinte desde que não receba rendimento superior à pensão mínima do regime geral (tributação separada do casal)

262,50

por cada ascendente a viver em economia comum com o contribuinte desde que não receba rendimento superior à pensão mínima do regime geral (tributação conjunta do casal ou de não casado)

525,00
apenas um ascendente a viver em economia comum (tributação separada do casal) 317,50
apenas um ascendente a viver em economia comum (tributação conjunta do casal ou de não casado) 635,00

Relativamente aos ascendentes a viver com o contribuinte não se pode apresentar um rendimento mensal superior a 263 euros - o valor da pensão mínima da Segurança Social.

Estas deduções são aplicadas automaticamente no cálculo do IRS depois do contribuinte assinalar a situação do agregado familiar no Modelo 3 do IRS.

Para obter o máximo proveito da declaração de IRS descubra se deve fazer o IRS em conjunto ou em separado.