Crédito Documentário: Como Funciona?

Para quem faz negócios internacionais, importa saber o conceito e como funciona o crédito documentário. Trata-se de um meio de pagamento considerado dos mais seguros para as transações à distância.

Recorrer ao Crédito Documentário é, na prática, colocar um banco como intermediário da relação entre o comprador e o vendedor. Este instrumento de crédito é habitualmente procurado quando as duas partes de um negócio estão em países distintos, um de importação e outro de exportação, como forma de garantir o pagamento de uma mercadoria ou serviço.

Fique por dentro do Crédito Documentário de Importação e Exportação.

Banco emitente assume o pagamento

Quem dá essa garantia? O banco, designado no Crédito Documentário como banco emitente. É a instituição bancária que assume a responsabilidade do pagamento à empresa fornecedora, não ficando esta dependente da capacidade de liquidação do comprador.

O banco intervém a pedido da empresa que compra uma mercadoria ou serviço. Quando o beneficiário (fornecedor) está num outro país, entra ainda em ação uma instituição bancária do país de origem do fornecedor, a que se chama banco notificador. O pagamento é feito pelo banco emitente assim que o banco que representa o fornecedor envia a documentação que prova a expedição. Daí a designação de crédito documentário.

A concessão deste crédito documentário é formalizada por contrato, sob a forma de uma carta de crédito emitida pelo banco emitentes e enviada para o cliente, o ordenante, como é designado neste processo.