Com este artigo não lhe queremos dizer o que já sabe, que pequenas coisas como joias custam muito dinheiro. O objetivo deste artigo é apontar pequenas coisas, ligeiros esquecimentos ou preciosismos, que lhe podem sair bem caro ao final de algum tempo.

Cortar a relva em demasia

Quanta mais curta deixar a relva, mais trabalho e despesas terá com ela. Ao cortar a relva bem curta está também a estragar as suas raízes, a provocar a sua seca e o aparecimento de pestes, o que aumenta a despesa. Corte com lâminas afiadas, para não gastar mais energia no trabalho e corte a relva com menos frequência.

Comer muito peixe ou muita carne

O peixe sai mais caro do que a carne, mas mesmo que coma muita carne e pouco peixe está a gastar muito dinheiro ao final do ano. Aposte mais em vegetais na sua alimentação, para poupar na carteira e na saúde.

Tomar café

Caso não passe um dia sem tomar café, pelo menos tente tomar o mesmo por casa ou na máquina de café que há na empresa, para poupar um pouco. Esta é uma despesa que ao final do ano dava para viajar pelo mundo.

Ignorar falhas

As falhas na sua casa podem significar um aumento de energia de 30%. Tape as falhas que tem nas portas e janelas de casa, por exemplo.

Ignorar manutenção

Consertar torneiras e caldeiras não é o programa ideal para o fim de semana, mas se consertar o que precisa de ser arranjado a tempo, então está a poupar a longo prazo.

Aplicações pagas

Enche o telemóvel de aplicações que apenas custam 1 euro? Paga para ter todas as músicas do momento? Tem de experimentar um novo jogo no telemóvel todas as semanas? Esses pequenos passatempos acabam por lhe sair bem caro, se tiver o trabalho de os somar.