Tenha em consideração as desvantagens do débito direto, e não unicamente as suas vantagens.

1. Possibilidade de cobrança indevida

A grande desvantagem do débito automático é a possibilidade de cobrança indevida por parte do banco. É necessário estar atento ao extrato da conta e reparar se os débitos mensais estão a ser devidamente realizados. Em caso negativo, há burocracias a despoletar, para reverter a operação.

2. Exige maior atenção e controlo

Apesar de toda a facilidade que o débito direto permite, é necessário controlar a conta bancária, garantido que existem sempre fundos suficientes para o pagamento automático se realizar, caso contrário podem ser cobrados valores pelo banco pela não existência de fundos na conta.

3. Permite que se caia no facilitismo

Com o pagamento automático de contas cai-se no facilitismo e no esquecimento, deixando-se de procurar serviços mais baratos ou melhores, mas ao mesmo preço. Há também o risco de continuar a subscrever serviços que já não usa, simplesmente porque como o débito é feito diretamente, nem se apercebe que ainda está a pagar aquela assinatura.

4. Permite débitos sem autorização

O facilitismo do débito direto é tanto que uma pessoa pode abrir um débito em nome de outra. Desde 2014 que os débitos diretos são acordados diretamente entre o cliente e o fornecedor de serviços, podendo o cliente fornecer um NIB de outra pessoa. Convém prestar atenção ao saldo pessoal e cancelar um débito não autorizado, em caso dessa eventualidade se tornar uma realidade.

5. É irreversível

Se desejar cancelar o débito direto, a sua decisão torna-se irreversível. O cancelamento de uma autorização de débito direto deve ser realizado quando comunicada a intenção ao credor.

Saiba mais sobre como funciona o débito direto.