Por: João Paulo Moura

4 Formas de evitar esgotar o dinheiro da reforma

Para muitas pessoas a reforma é curta, não chegando para todas as despesas mensais. É verdade que é impossível não gastar dinheiro, mas é possível esticar a reforma e poupar para os gastos pessoais.

Organizar

Primeiro de tudo deve fazer as contas à vida. É importante apontar as despesas correntes e estimar as despesas esporádicas para conseguir descobrir o quanto gasta normalmente por mês e a quantia que tem disponível para si, ou seja, deve subtrair os gastos totais à reforma que recebe. Estipule o seu orçamento e encontre sítios onde cortar despesas, para aumentar o dinheiro disponível.

Vender

Provavelmente a esta hora já amealhou muitos bens que não lhe são necessários e que até lhe podem render uns bons euros, pela sua antiguidade. Pode colocar à venda aquilo que já não precisa ou a que já não atribui valor sentimental. Pode até pedir aos filhos ou netos para anunciar a venda na internet, por exemplo.

Arrendar

Caso tenha alguma divisão da casa livre, ou mesmo um imóvel disponível, pode alugar esse espaço e aumentar o seu rendimento mensal. Arrendar é uma das várias formas de gerar rendimento passivo.

Investir

Para ganhar é preciso investir, às vezes com risco. Guardar o dinheiro das poupanças no colchão também é um risco, pelo que pode perfeitamente procurar bons investimentos para fazer, pedindo ajuda especializada se necessário. Importante é também variar a natureza dos investimentos, para minimizar possíveis perdas e maximizar os ganhos.

Fique com as regras de ouro do investimento.