Vale a pena fazer um estágio não remunerado?

Para quem acabou de estudar e quer ingressar no mercado de trabalho, será que vale a pena fazer um estágio não remunerado? Deixamos-lhe a si decidir, ajudando-o com as vantagens e desvantagens desta opção.

Desde que seja inferior a três meses, a lei permite a realização de estágios não remunerados. É o caso, habitualmente, dos estágios curriculares. Mas, após estes, muitos recém-licenciados e não só, são convidados a estagiarem nas empresas sem qualquer contrapartida financeira. Valerá a pena?

Vantagens de um estágio não remunerado

1. Adquirir experiência

Se as portas do mercado de trabalho não se abrem, ficar parado será certamente pior. Trabalhar numa empresa, ainda que não remunerado, pode ser uma hipótese de passar da teoria à prática, de entrar na realidade do seu sector ou área de atividade. Até porque com a escassa oferta de emprego, a concorrência é cada vez mais feroz.

2. Possibilidade de contrato

Também não são assim tão raros os casos de organizações que acabam por propor contratos de trabalho a estagiários. Se os objetivos foram cumpridos e se a empresa dedicou tempo a integrá-lo e a ensiná-lo, poderá propor trabalho remunerado ao estagiário.

Veja como passar de estagiário a efetivo.

3. Expandir os contactos

Se não for nesse momento e se não for nessa empresa, a experiência não remunerada pode muito bem ser a ponte para um emprego futuro. O contacto com a realidade, o estar no meio facilita a obtenção de contactos e o fomentar das relações. E, quem sabe se daí não poderá surgir uma oferta de trabalho.

Desvantagens do estágio não remunerado

1. Falta de condições de trabalho

O facto de estar a trabalhar sem receber pode ser o mote para se esforçar, mas também pode ser desmotivador. Não trabalha com a mesma vontade e dedicação aquele que está a ser pago para tal e aquele que passa o mês a pensar como vai pagar as contas se nada recebe.

2. Experiência revelar-se inútil

Inútil será aceitar um estágio não remunerado fora da sua área de formação. Neste caso, estará a penas a perder tempo sem receber, quando poderia estar a investir em algo que complementasse a sua formação ou a sua experiência profissional.

3. Concorrência desleal

Do ponto de vista da organização que lhe oferece o estágio, pode falar-se de concorrência desleal face a uma empresa do mesmo sector que apenas tenha funcionários remunerados, isto é, que compense o esforço por eles realizado.

Pese os prós e os contras, analise bem a oferta e conclua você mesmo se vale a pena fazer um estágio remunerado.