Trabalhadores a Recibos Verdes: Como Pagar as Contribuições à Segurança Social?

O trabalhador independente que não está isento de pagar as contribuição à Segurança Social tem de pagar as mesmas mensalmente, até ao dia 20 do mês seguinte àquele a que elas dizem respeito (por exemplo:as contribuições de novembro devem ser pagas até ao dia 20 de dezembro).

O pagamento fora do prazo constitui contra-ordenação, que será leve caso o mesmo seja realizado no prazo de 30 dias após a data limite, ou grave no caso de ser pago após essa data. 

Veja aqui como pode pagar as suas contribuições:

Na tesouraria da Segurança Social

O pagamento de contribuições pode ser feito nos serviços de tesouraria dos serviços da Segurança Social. É necessário ter um documento de pagamento, emitido através da Segurança Social Direta ou nas tesourarias, quando solicitado pelos próprios.

Este pagamento pode ser feito em dinheiro até ao limite de 150 euros, ou em cheque visado, bancário ou emitido pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública sem limite de valor. Já no terminal de pagamento automático não há limite de valor. 

Os cheques devem ser emitidos à ordem do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P., e a data de emissão deve ser do próprio dia ou dos dois dias úteis imediatamente anteriores.  

Multibanco

Para pagar à Segurança Social por multibanco deve-se escolher entre pagamento com ou sem referência e seguir os passos indicados para cada uma destas duas opções. 

Homebanking

Os trabalhadores a recibos verdes podem ainda pagar as contribuições no site dos seus respetivos bancos através das seguintes opções.

BPI

Contas à Ordem > Pagar> Outros

CGD

Transferências e Pagamentos > Estado e Setor público > Segurança Social > Opções

Millenium BCP

Pagamentos > Estado e Setor Público > Segurança Social > Opções

Montepio

Pagamentos > Estado e Setor Público > Pagamentos Segurança Social > Opções

Novo Banco

Quotidiano > Pagamentos > Segurança Social

Santander Totta

Pagamentos > Pagamentos à Segurança Social por entidades Patronais ou Pagamento à Segurança Social > Opções

Débito direto

Os trabalhadores independentes podem também pagar as contribuições de Segurança Social por débito direto, aderindo à mesma na Segurança Social Direta. As adesões realizadas até ao dia 30 de cada mês ficam ativas no mês seguinte. 

O contribuinte recebe uma mensagem na Segurança Social Direta até ao 3º dia útil de cada mês, a informar a data e valor que será cobrado.