37 Sites que todos os Freelancers devem conhecer

Para quem já o é ou para quem está a pensar tornar-se um, eis 37 sites que todo o freelancer deve conhecer. Seja pelas dicas que lá vai encontrar para o quotidiano, seja pelas hipóteses de encontrar novos clientes.

Sites generalistas e vocacionados para Portugal e projetos em língua portuguesa

1. Zaask.pt

O Zaask é um site português criado por um economista que decidiu criar uma plataforma que coloca os freelancers em contacto com clientes que precisem dos seus serviços. Esta plataforma destina-se a todo o tipo de serviços, desde canalização, mudanças, design ou serviço de personal training.

Os taskers, como são denominados, criam um registo enquanto prestadores de serviços e podem responder às solicitações colocadas no portal pelos askers. A publicação do projeto é facilitada uma vez que é elaborada através de um formulário. O registo é gratuito quer para os contratantes como para os profissionais. mas para apresentar orçamentos é necessário utilizar créditos pagos.

2. Freelancer.pt

O Freelancer.pt é uma plataforma que procura promover a satisfação recíproca entre o cliente e o prestador do serviço. Apresenta neste momento vários pedidos de projetos para Brasil, Portugal e Angola.

Neste site tem disponível o registo gratuito para os freelancers e a versão Usuário Gold, em que tem acesso aos trabalhos publicados um dia antes dos restantes usuários. Ao registar-se pode publicar um portfólio dos seus projetos.

A plataforma é ainda intermediária nos pagamentos: o cliente paga o trabalho à plataforma aquando da aceitação do orçamento escolhido, pagamento esse que fica retido até à entrega do trabalho e avaliação do mesmo. Nesta altura é libertado para o freelancer.

3. Upwork

O Upwork posiciona-se como o maior site de trabalho remoto. No Upwork pode encontrar ofertas em áreas como web e mobile design, design, serviço ao cliente, engenharia e arquitectura, marketing, contabilidade, entre outras. Agrega freelancers e trabalhos de todo o mundo.

O registo é gratuito, mas pendente de aprovação. Para esse efeito deve preencher o seu perfil de forma bem completa. Para além disso o site cobra uma percentagem pelos valores dos trabalhos pagos através do site.

4. Guru.com

A programação, o desenvolvimento de software e de jogos, a tradução e a advocacia são as áreas mais comuns nos anúncios de trabalho publicados no site Guru. Reúne mais de 3 milhões de gurus, os freelancers. Se são áreas do seu interesse ou em que já trabalha, não desperdice a oportunidade de encontrar uma tarefa para si. Enquanto freelancer, terá acesso gratuito a um número limitado de bids, ou lances para se candidatar aos trabalhos. Se necessitar de mais terá que investir na sua compra.

5. LandingJobs

No LandingJobs tem acesso a várias ofertas de emprego na área tecnológica, entre as quais várias ofertas de empresas portuguesas ou localizadas em Portugal. Oferece ainda o acesso a ferramentas para os freelancers, como uma calculadora de salário. O Landing Jobs é pago para os contratantes.

6. 99Freelas

No 99Freelas pode criar o seu registo de forma gratuita, expondo as suas competências e experiência, para ter acesso às ofertas. O site cobra uma taxa de 10% dos seus pagamentos, que são realizados através do site.

7. LancerFy

O LancerFy contém propostas de trabalho para webdesigners,, programadores, especialistas em SEO, marketing, entre outros. O registo de trabalhador freelancer é gratuito no primeiro mês, após o mesmo é necessário contratar um plano de membro.

8. Workana

Na plataforma do Workana pode criar o seu perfil de freelancer, nas áreas de IT&Programação, Design e Multimédia, Tradução e Conteúdos, Finanças e Administração, entre outras.

9. Indústria criativa

O Indústria Criativa promove portfólios, emprego e formação para Profissionais da Indústria Criativa em Portugal. As negociações e pagamentos ocorrem diretamente entre os profissionais e as empresas.

Sites mais vocacionados para Programação, Marketing e Design

10. People per Hour

O People per Hour existe desde 2007, tendo cerca de 1 milhão de utilizadores. Contém ofertas e freelancers de todo o mundo. As contratações são maioritariamente feitas à hora. O trabalhador deve criar um perfil, sempre o mais completo possível e, se possível, criar o seu portfólio para divulgar o seu trabalho. O registo é gratuito, no entanto os pagamentos são feitos por intermédio do site, que cobra uma percentagem do valor ganho. No final do serviço o contratante dá a sua avaliação ao serviço efetuado. Quanto melhor a avaliação do seu trabalho, mais fácil será conseguir novos trabalhos.

11. Crew

O Crew é vocacionado para a programação e design. Promete encontrar o freelancer ideal e de confiança para o trabalho, o que garante através de uma seleção dos freelancers que são admitidos na rede de profissionais Crew. Segundo o próprio site, há neste momento uma longa lista de espera para fazer parte dessa rede.

12. CloudPeeps

O CloudPeeps tem ofertas em áreas variadas, tais como Criação de conteúdos, Marketing, Design ou trabalhos administrativos. O freelancer regista-se como Peep e os clientes podem fazer uma oferta de trabalho ou pesquisar os Peeps e apresentar uma oferta direta. O pagamento do serviço contratado é mediado pelo site.

13. GrowthHackers

O GrowthHackers apresenta como finalidade ajudar as empresas no seu crescimento. Oferece serviços especializados, programas pré-definidos desenhados para promover o crescimento sustentável das empresas. Paralelamente oferece aos membros, freelancers que se pretendam registar, a possibilidade de criar “organizações” de membros, que podem trabalhar em conjunto em prol de um projeto comum. Oferece ainda a possibilidade de aceder aos anúncios de emprego publicados, remotos ou não.

14. Inbound

O Inbound contém também ofertas de emprego, “tradicionais” (localizadas nos Estados Unidos e Reino Unido) ou em regime remoto. Tem ofertas nas áreas de Community Manager, Conteúdo, Design, Marketing, entre outras. Permite o registo de perfil do trabalhador ou freelancer, onde o profissional pode apresentar o seu trabalho, e que possibilita o contacto das empresas diretamente com o freelancer.

15. TopTal

TopTal é outro site que se encara como uma rede de freelancers. Permite o registo e criação de um perfil, bem como apresentação do portfólio. A TopTal é diferente, no entanto, uma vez que assume a escolha do profissional para cada projeto.

16. Awesomeweb

No site da AwesomeWeb é possível registar-se como freelancer para as áreas de design de logos, criação de loja online, webdesign, entre outros. O registo de perfil será sujeito a uma cuidadosa avaliação, de forma a promover a qualidade dos serviços prestados, e tem um custo associado, independente dos ganhos.

17. Codeable

A codeable assume-se como uma comunidade de peritos em código. Se é o seu caso pode submeter a sua candidatura, tendo em conta que, segundo dados na página, apenas 2% das candidaturas são aceites.

18. WFH

WFH .io é um agregador de ofertas de emprego remoto nas áreas de design e tecnológica.

19. StackOverflow

Site de ofertas de emprego na área da programação, algumas ofertas em regime remoto.

20. The Remote Working Company

Este site apresenta uma vasta oferta de trabalhos remotos, nas áreas de programação, design, copywriting, apoio ao cliente, entre outras.

21. Remotive

No site Remotive terá acesso a ofertas de trabalho remoto em várias vertentes da área tecnológica. Ao registar-se tem ainda acesso a uma comunidade que promove a entreajuda e partilha de experiencias entre freelancers de todo o mundo. Basta fazer o registo para começar a receber as ofertas.

22. AuthenticJobs

O AuthenticJobs é mais um JobBoard para designers, hackers e criativos, em regime de freelance, sendo algumas das ofertas para trabalho remoto.

23. CrowSpring

O CrowSpring oferece serviço de design gráfico, web design, ilustração, naming e design de produto. O contratante subscreve o serviço que pretende e define alguns critérios para o seu projeto. Vários freelancers, de todo o mundo, oferecem o seu projeto, que pode ser avaliado e alterado pelo contratante. No final o cliente escolhe o projeto “vencedor”, que será finalizado para entrega ao cliente. Só será pago o trabalho escolhido.

24. Coroflot

O Coroflot é vocacionado para trabalho criativo. Oferece um JobBoard e, aos freelancers, a criação de perfil com portfólio para mostrar os seus trabalhos.

25. 99Designs

O 99designs funciona como o CrowSpring, em que o cliente compra o serviço que pretende, e os freelancers concorrem à realização do trabalho.

26. WeWorkRemotly

Este é mais um site onde pode pesquisar ofertas de trabalho remoto, em áreas como programação, copywriting, administração de sistemas, gestão, marketing, entre outras. Pode subscrever a lista de ofertas da área que pretender e receber as ofertas comodamente no seu e-mail.

27. RemoteOk

Mais um JobBoard que permite a subscrição de ofertas de trabalho, maioritariamente de empresas situadas nos Estados Unidos da América.

28. Working Nomads

A Working Nomads funciona também por subscrição das ofertas de trabalho remoto. Ao subscrever o serviço tem ainda acesso a uma newsletter bi-mensal com dicas sobre trabalho remoto.

Sites mais vocacionados para escrita e conteúdos

29. ProBlogger

O problogger é uma plataforma onde pode aceder a várias ofertas de trabalho remoto em regime de freelance, relacionadas com a criação e edição de conteúdo, tradução, entre outras. Oferece ainda o acesso a dois cursos, um gratuito e outro pago, de criação de blog.

30. Blogging Pro

Este é um site com ofertas para criação de conteúdos em diversas áreas. Como o anterior, oferece ainda dicas para o trabalho de edição de conteúdos web.

31. Scripted

O Scripted permite aos freelancers o registo e criação do seu portfólio, após a realização de um teste. Se aceite na comunidade, o freelancer fica apto a candidatar-se aos projetos que surgem na plataforma. Os trabalhos são pagos através da plataforma.

32. Hiresine

A Hiresine situa-se na Índia e possibilita o registo gratuito de freelancers na área da escrita, nomeadamente para trabalhos de digitação, tradução, elaboração de apresentações, entre outros.

33. Verbling

O site Verbling permite oferecer aulas de Português (e outras línguas) em formato vídeo, o que permite treinar a conversação com um professor. Os profissionais podem registar-se como professores no site.

Sites generalistas

34. Fiverr

No Fiverr o registo é gratuito, e permite promover as suas competências. Pode oferecer pacotes de serviços, que o cliente escolhe e paga diretamente à plataforma. Depois de entregue o trabalho o freelancer recebe 80% do valor do trabalho.

35. Freelancer

No site Freelancer.com o freelancer pode efetuar o seu registo, criar perfil, fazer upload do seu portfólio e receber notificações dos projetos de forma gratuita. Tem, numa fase inicial, acesso a 8 bids ou lances. Se pretender promover os seus lances, ou realizar os testes da Freelancer para certificar as suas competências em determinada área, terá que subscrever esse serviço. Pagará ainda as taxas referentes às transferências dos seus pagamentos.

36. FlexJobs

O FlexJobs permite pesquisa de oportunidades de forma gratuita, no entanto terá que subscrever o serviço para se candidatar às ofertas.

37. VirtualVocations

O VirtualVocations permite o registo gratuito mas tem também um acesso pago, que garante o acesso ilimitado às ofertas.

Em cada site é necessário verificar as exigências legais para poder candidatar-se, e sobretudo para poder receber o valor do seu trabalho.

Há, com certeza, muitas oportunidades à espera do seu talento nestes sites.