Simulador de IRS 2015

Utilize o simulador de IRS 2015 do Economias para simular o resultado da entrega da sua declaração de IRS em 2016.

NOVO! Simulador IRS 2017 (relativo a 2016) já disponível!

Simular online o IRS 2015 a entregar em 2016 permite-lhe descobrir desde logo se terá de pagar algo à Autoridade Tributária e Aduaneira em 2016 e organizar as suas finanças perante o resultado obtido.

Arrendada Própria


1 Ascendentes: que vivam em comunhão de habitação com o sujeito passivo e não aufiram rendimentos superiores à pensão mínima do regime geral

Como simular o IRS?

Insira os seus dados nos campos do simulador de IRS consoante se trate de trabalhador dependente/pensionista (Categoria A e H) ou trabalhador independente (Categoria B). Coloque os dados como as retenções e as despesas anuais dedutíveis para fazer a sua simulação de IRS de 2015 e descobrir se tem de pagar ainda mais IRS (além da retenção de IRS que já fez durante o ano), ou se tem direito a receber a devolução do IRS.

O resultado do simulador de IRS é indicativo do que terá a pagar (ou a receber) de IRS em 2016.

Este simulador tem com base os rendimentos recebidos em 2015, o estado civil e número de dependentes e ascendentes do agregado familiar e conta com as principais deduções de IRS. Ele não tem em conta a sobretaxa de IRS e todas as situações declarativas possíveis.

Se costuma preencher o IRS online, pode também simular o IRS durante o preenchimento da declaração no Portal das Finanças, antes de fazer a validação e a entrega da declaração anual. 

Deduções de IRS 2015

Pode rapidamente descobrir o valor a que tem direito de despesas dedutíveis do IRS 2015 ao entrar na sua página pessoal no sistema e-fatura (se pediu faturas com número de contribuinte durante 2015 e se confirmou as faturas no e-fatura dentro do prazo).

Veja como se faz o cálculo do IRS com as deduções à coleta.

Se é trabalhador a recibos verdes pode conferir o cálculo do IRS de trabalhadores independentes.

Prazos de entrega de IRS em 2016

  1. Trabalhadores que recebem rendimentos exclusivamente por conta de outrem e/ou pensões (categorias A e H): de 1 a 30 de abril (entrega em papel e pela internet).
  2. Trabalhadores independentes e restantes casos não previstos na situação anterior (categorias B, E, F e G): de 1 a 31 de maio de 2016.