Por: João Paulo Moura

Seguro para animais

O seguro para animais garante a cobertura de despesas na eventualidade de existirem danos causados pelos cães e gatos e em caso de acidente, doença e desaparecimento dos mesmos.

Tipos de seguros para animais

A oferta de seguros para animais domésticos é variada, apesar de ser um mercado recente em Portugal. Enquanto alguns seguros para animais oferecem apenas cobertura de responsabilidade civil ou de saúde, outros englobam as duas vertentes no mesmo seguro.

Quem procura um mero seguro de responsabilidade civil (que geralmente tem um custo de 20€ anuais), para cobrir prejuízos causados a terceiros, deve verificar se não tem essa cobertura já englobada noutro seguro, como o de responsabilidade civil ou seguro de casa. Em caso do animal (cão) ser de uma raça perigosa, é obrigatório este tipo de seguro.

Dependendo da seguradora, o cão ou gato poderá ter uma idade mínima exigida para a subscrição do seguro, normalmente entre os 3 meses (mínimo) e os 2 anos de idade (máximo), podendo o seguro manter-se ativo até aos 9 ou 10 anos de idade do animal.

Oferta de seguros para animais domésticos

De seguida encontra algumas das opções disponíveis no mercado.

Coberturas base de seguro para animais

  • Indemnizações a terceiros por danos e prejuízos provocados pelo animal.
  • Defesa jurídica.
  • Reembolso de despesas veterinárias, exames, cirurgias, medicamentos e internamentos.
  • Descontos em produtos para animais domésticos.
  • Auxílio na procura do animal de estimação desaparecido (nos custos e em contactos).
  • Guarda do animal em caso de hospitalização do seu dono.
  • Informação sobre adoção de animais, clínicas, criadores, assistência ao domicilio, transporte etc.
  • Possibilidade de cobertura na prática de caça.
  • Auxílio na organização de serviços fúnebres.

Seguro de saúde para animais

Quem deseja um seguro de saúde para animais já terá de desembolsar uma quantia mais elevada (cerca de 100€ anuais), mas terá de ter em atenção quais os serviços de saúde efetivamente garantidos, já que não estão garantidos todos os tipos de tratamentos e a cobertura varia com a escolha do proprietário do animal. Normalmente o seguro paga uma franquia de despesas e em alguns casos o proprietário fica limitado a uma rede de veterinários, pelo que deve confirmar a sua proximidade geográfica a essa mesma rede.

Saiba como poupar com o animal de estimação.