Seguro Automóvel e Furto

Um seguro automóvel pode cobrir situações de furto, mas esta é uma cobertura adicional. Este tipo de danos não está previsto no chamado seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Basta pensar que o seguro obrigatório é um seguro contra terceiros para perceber que, em caso de furto, não receberá nada da companhia. Para ser compensado por este tipo de danos terá de contratar coberturas adicionais.

Furto em seguro de danos próprios

Se receia que lhe furtem o carro e quer ser de alguma forma recompensado pela perda, esqueça o simples seguro de responsabilidade civil. Além deste que é obrigatório por lei, negoceie com a companhia de seguros as coberturas adicionais que possam cobrir os danos causados na própria viatura.

O furto é uma das situações previstas nos chamados seguros de danos próprios ou seguros contra todos os riscos. Tal como o roubo (furto com recurso à violência), prejuízos decorrentes de riscos de choque, colisão ou capotamento, incêndio, raio ou explosão.

Condições do seguro

Subscrevendo um seguro deste género, será ressarcido pela perda mesmo que tenha sido o responsável pelo acidente. Desde que o furto não seja causado pelo tomador do seguro ou por pessoas que coabitem com ele. Sem aplicar qualquer franquia, a seguradora deverá garantir-lhe até ao máximo do valor seguro, mesmo que tenha sido apenas tentativa de furto ou que tenha ficado destruído na sequência dessa tentativa.

De qualquer forma, para poder acionar esta cobertura adicional do seguro que cobre situações de furto, terá de aguardar 60 dias após a ocorrência. Se a viatura não aparecer até essa data, aí sim, é recompensado.

Além do furto, conheça as restantes situações cobertas por um seguro contra todos os riscos e o seguro contra fenómenos da natureza.