Os saldos de verão começam tradicionalmente a 15 de julho e terminam a 15 de setembro. No entanto, algumas lojas antecipam a época de saldos e promovem campanhas de descontos nos artigos durante o mês de junho e na primeira quinzena de julho.

Lei dos saldos

Em vigor desde 2015, a lei permite que os saldos aconteçam em qualquer altura. O Regime Jurídico de Acesso e Exercício de Atividades de Comércio, Serviços e Restauração, os saldos e as promoções deixaram de ter um período específico, cabendo às lojas escolher as datas em que podem vender os produtos abaixo do preço de custo. Assim as duas épocas tradicionais de saldos deixaram de se aplicar.

Contudo, as grandes lojas não desejam alterar significativamente o calendário habitual de vendas para não confundir o consumidor.

É tradicionalmente a partir de 15 de julho que as lojas iniciam campanhas de promoções em vários artigos, de forma a antecipar a época de saldos e a aumentar o volume de vendas.

Descontos até 80%

Os descontos podem chegar até aos 80%. Algumas marcas iniciam a época de saldos antecipadamente na loja online.

Durante dois meses os comerciantes tentam escoar os stocks dos artigos e mercadorias e preparam a próxima coleção Outono/Inverno. Os clientes aproveitam a época de saldos para comprar artigos com grandes descontos, assim como a redução de preço em objetos mais caros.