Por: João Paulo Moura

Retenção na fonte de IRS

A retenção na fonte de IRS é a quantidade de rendimento retido aos trabalhadores portugueses para efeitos de pagamento de IRS. A retenção na fonte anual surge na nota de liquidação do IRS.

Tabelas de retenção de trabalhadores dependentes

Em todos os inícios de ano são divulgadas as tabelas de retenção de fonte para os trabalhadores portugueses por conta de outrem e para os pensionistas. Estas tabelas ditam a percentagem de dinheiro que todos os meses é retida no salário/pensão dos portugueses para pagar o IRS.  

Veja quanto vai descontar de IRS por mês.

Retenção de recibos verdes

Já os trabalhadores recibos verdes estão sujeitos a uma retenção fixa, de 25% na maior parte dos casos. Os trabalhadores independentes podem estar isentos de retenção, já que existe uma dispensa de retenção de IRS para recibos verdes segundo o artigo.º 9.

Quando a retenção na fonte é insuficiente podem ser pedidos pagamentos por conta ao trabalhador independente.

Rendimentos prediais

Não são só os salários e as pensões que são alvo de retenção na fonte. As rendas sofrem uma retenção na fonte de 28%. É possível optar pelo englobamento de rendimentos prediais no IRS.

Indemnização e gratificações

Algumas indemnizações podem estar sujeitas a retenção. Confira o artigo indemnização por despedimento entra no IRS. Por sua vez, a retenção de IRS de gratificações é de 10%.

Pagar o IRS

A retenção na fonte permite diminuir progressivamente (mensalmente) o IRS anual a pagar. Quando o valor total da retenção na fonte feita durante o ano for superior ao valor de IRS apurado para se pagar nesse mesmo ano, o contribuinte tem direito ao reembolso do IRS