Referências para currículo: o que são, como pedir e incluir no CV

Pedir referências para currículo ainda é uma prática pouco comum em Portugal. Saiba o que são referências, a quem pedir, como pedir, que trabalhos costumam exigir referências e qual a diferença entre referências para CV e carta de recomendação. Explicamos-lhe, ainda, como fazer uma lista de referências para anexar ao CV.

O que são referências para currículo?

Ao pedir referências ao candidato o que o empregador quer é que lhe sejam dados nomes e contatos de pessoas que se cruzaram com o candidato ao longo do seu percurso profissional. A dado momento, o recrutador pode contactá-las para fazer perguntas sobre o seu desempenho, competências e personalidade. As referências não são opiniões escritas sobre o candidato.

Em alguns casos, as referências servem apenas para confirmar que a experiência profissional indicada no currículo é verdadeira.

Devo incluir as referências no currículo?

Mesmo quando são pedidas nos anúncios de emprego, as referências não devem ser enviadas juntamente com o CV. Numa primeira fase do processo de recrutamento o empregador seleciona os candidatos com base na sua formação e experiência. As referências são úteis nas fases finais do processo de recrutamento.

Fazer uma lista de referências

A dado momento do processo de recrutamento, quando lhe forem pedidas referências, elabore um documento com as seguintes características:

  • Introduza o título "Referências" ou "Lista de referências";
  • Indique o nome, empresa, função, contacto telefónico e email das pessoas de referência, bem como a relação profissional;
  • Indique entre 3 e 5 referências (ou o número que lhe foi exigido);
  • Liste as referências por ordem de relevância, isto é, colocando em primeiro lugar a pessoa que poderá dar um testemunho mais favorável;
  • Se exigido na fase de candidatura, anexe a lista de referências ao seu currículo.

Descarregue aqui uma lista de referências para currículo editável.

 A quem pedir referências para CV?

As referências devem ser pedidas a quem tenha trabalhado diretamente com o candidato e saiba reconhecer as suas capacidades.

Podem ser pedidas referências a ex-colegas de trabalho do candidato, antigos chefes, clientes, professores, dirigentes de movimentos associativos onde tenha feito voluntariado ou outras pessoas de grande relevância na comunidade ou no respetivo setor de mercado. 

Em regra, as pessoas não se sentem confortáveis em dar referências sobre uma pessoa que não conhecem bem. Se não escolher as pessoas certas, corre o risco de ver o seu pedido de referência negado.

Como pedir referências?

Pedir referências é bastante simples. Contacte a pessoa em questão e peça-lhe autorização para fornecer os respetivos contatos ao seu futuro empregador. Dê-lhe algumas informações sobre a vaga a que está a candidatar-se, para que possa adequar o testemunho. Não se esqueça de referir a data provável de contato por parte do recrutador.

O primeiro passo para obter boas referências é manter boas relações com ex-colegas de trabalho e sair a bem do emprego. Saiba mais no artigo:

Que funções exigem referências do candidato?

Pedir referências do candidato pode fazer a diferença entre uma boa ou má contratação. Há trabalhos para os quais o recrutador dificilmente contrata sem obter referências. São exemplos:

  1. Trabalhos técnicos de elevada complexidade, para confirmar que a pessoa tem competências para exercer a função;
  2. Cargos diretivos de grande responsabilidade, para verificar que a pessoa já exerceu funções semelhantes;
  3. Serviço doméstico, amas, apoio domiciliário, seguranças, com o propósito de garantir que o candidato é merecedor de confiança.

Se é empregador, leia aqui como pedir referências de um candidato.

Carta de recomendação e referências: há diferença?

Na prática, as cartas de recomendação são referências escritas. As cartas de recomendação devem acrescentar valor, porque se forem demasiado vagas e impessoais não passam de uma minuta que se adapta a qualquer trabalhador. Saiba como escrever uma boa carta de recomendação:

Obter referências para CV no Linkedin

Outra forma de obter referências é através do Linkedin. Mantenha um perfil ativo e atualizado, escreva recomendações aos seus colegas e ex-chefias, e o mais provável é receber recomendações em troca. Inspire-se nestes exemplos de recomendação: