Por: Patrícia Roque

3 razões para não comprar um robô de cozinha

Ter um robô de cozinha pode dar a ilusão de que terá muito menos trabalho na cozinha. Mas, na verdade, é um eletrodoméstico que não dispensa a sua presença na cozinha. Talvez ajude aos menos criativos, informando de todos os passos necessários para finalizar uma receita, mas não traz só vantagens. Conheça 3 boas razões para não comprar um robô de cozinha:

1. Já tem a bancada cheia de eletrodomésticos

Se já tem varinha, picadora, liquidificadora e balança talvez faça pouco sentido investir em mais um eletrodoméstico para a sua cozinha. Para não falar que vai ocupar um espaço significativo da sua cozinha e convém ter sempre uma parte da bancada livre.

2. Precisa de cozinhar para muita gente

Se tem muitas pessoas em casa, e as refeições diárias são para uma família grande, talvez não compense o robô de cozinha. Isto porque os copos são, geralmente, pequenos e são ideais para casas onde haja menos gente.

3. Tem expectativas de que o robô vai fazer tudo

Grande parte das pessoas compra um robô de cozinha com a expectativa de que não vai ter de se ocupar das tarefas mais chatas na cozinha. Mas a verdade é que este eletrodoméstico não é mais do que a junção de vários utensílios de cozinha num só. E a verdade é que as tarefas mais aborrecidas como descascar legumes ou lavar, vão continuar a ter de ser feitas por si.

Não se esqueça que um robô de cozinha representa um investimento considerável, portanto deve ser um compra bem pensada.