Quanto vou descontar em 2017?

Para saber quanto vai descontar de IRS em 2017 deve consultar as tabelas de retenção na fonte e conhecer a sobretaxa extraordinária a aplicar no respetivo escalão de rendimentos.

Ver as tabelas de retenção na fonte

Se for trabalhador dependente, tem de ver qual é a percentagem de retenção na fonte que se aplica ao seu ordenado mensal nas tabelas de retenção de IRS.

Se for trabalhador independente, então tem uma retenção na fonte diferente, não se aplicando este artigo ao seu caso. Leia sobre a retenção na fonte de trabalhadores independentes.

Enquanto trabalhador dependente, escolha a tabela consoante o seu caso:

  • Tabela 1 – não casado
  • Tabela 2 – casado único titular
  • Tabela 3 – casado dois titulares
  • Tabela 4 – não casado, deficiente
  • Tabela 5 – casado único titular, deficiente
  • Tabela 6 – casado dois titulares, deficiente

Deve verificar dentro da tabela correspondente, a taxa a aplicar de acordo com o número de filhos (de 0 a 5 ou mais).

Exemplo de retenção na fonte

Um trabalhador dependente, casado dois titulares, com 1 filho, a ganhar 700 euros mensais, tem uma retenção de 4,6% de IRS segundo a tabela 3.

Para calcular quanto vai descontar de IRS por mês, este trabalhador tem de fazer a conta: 700 x 4,6% = 32,20.

Ele vai descontar assim 32,20€ de IRS por mês.

Este trabalhador vai ainda descontar para a Segurança Social uma taxa de 11%. Dos 700€ são retirados então 77€ (11%) para Segurança Social.

Calcular a sobretaxa de IRS

Pode ter de contar com sobretaxa de IRS. No exemplo em questão, não se aplica a sobretaxa, uma vez que a taxa é de 0%. Segundo os valores da tabela de retenção na fonte de sobretaxa de IRS, a sobretaxa só se aplica do terceiro escalão para cima.

Calcular o salário líquido

Neste exemplo, o salário líquido corresponde a 590,80€ (700 - 32,20 - 77).

Como viu, as contas são fáceis de se fazer, mas, na verdade, nem precisa de as efetuar. O Economias pode fazê-las por si.

Se é trabalhador dependente pode utilizar o simulador de salário líquido do Economias para descobrir rapidamente o quanto vai descontar em 2017, incluindo a retenção no IRS, a sobretaxa, a Segurança Social e os duodécimos.