Um dos indicadores mais utilizados para medir a dimensão económica dos países, ou a sua riqueza, é o Produto Interno Bruto (PIB). Este indicador mede o valor produzido dentro de fronteiras, independentemente da nacionalidade dos agentes económicos, e durante um determinado período. Podemos falar de PIB, PIB ajustado pela Paridade do Poder de Compra e ainda de PIB per capita

Ranking dos 20 países com maior PIB em 2021

A lista de países do FMI apresenta perto de 200 países. Os 20 países com maior PIB representam mais de 80% de todo o produto mundial gerado. Nos primeiros 20, os Estados Unidos e a China são líderes muito destacados, contribuindo com mais de metade da riqueza gerada pelos 20 países, no seu conjunto.

As últimas estimativas do FMI para os 20 países com maior PIB gerado em 2021 é a seguinte (valores a preços correntes):

#Ranking de países (PIB 2021)

PIB 2021E (Biliões USD)

PIB 2020 (Biliões USD)

1Estados Unidos22,9 20,9 (#1)
2República Popular da China16,9 14,9 (#2)
3Japão 5,1 5,0 (#3)
4Alemanha4,2 3,8 (#4)
5Reino Unido3,12,70 (#5)
6Índia 2,952,67 (#6)
7França 2,942,6 (#7)
8Itália2,11,9 (#8)
9Canadá2,01,64 (#9)
10República da Coreia1,81,638 (#10)
11Federação Russa1,651,5 (#11)
12Brasil1,651,44 (#12)
13Austrália1,611,36 (#13)
14Espanha1,41,3 (#14)
15México1,31,07 (#15)
16Indonésia1,21,06 (#16)
17Irão1,10,8 (#17)
18Países Baixos1,00,9 (#18)
19Arábia Saudita0,840,72 (#20)
20Suíça0,810,75 (#19)

Fonte: FMI. Valores a preços correntes; PIB expresso na escala longa: 1 bilião = 1 milhão de milhões (1.000.000.000.000). 

Comparando com o PIB de 2020, não há alterações na ordem dos países, com exceção das 2 últimas posições. Vverifica a troca da Suíça com a Arábia Saudita (Suíça passa para o último lugar nesta lista, em 2021, por troca com a Arábia Saudita).

A verificarem-se as estimativas do FMI, os países mantêm a hierarquia, mas há aumentos significativos na riqueza produzida face a 2020, fortemente afetado pelo primeiro ano da pandemia. E o destaque vai para os dois grandes, com um aumento da ordem dos 2 biliões, cada um, isto é, 2.000.000.000.000 (2 milhões de milhões). Ainda no top 5, a Alemanha e o Reino Unido recuperam igualmente, num outro "campeonato", 0,4 biliões de dólares.

O PIB a preços correntes (ou nominal) não isola o efeito da inflação.

Ranking dos 20 países com maior PIB em 2021 (paridade do poder de compra)

A comparação entre países obriga à conversão, via taxa de câmbio, da moeda local de cada país numa moeda comum, sendo o dólar a referência utilizada. Outra forma de fazer a comparação, a mais correta, é recorrendo à ponderação do PIB pela designada "paridade do poder de compra" (PPC).

A paridade do poder de compra é uma taxa de conversão que uniformiza o poder de compra das diferentes moedas, ao mesmo tempo que elimina as diferenças de nível de vida entre países. Esta taxa é definida para cada país, contra o dólar norte-americano. Digamos que se trata da "taxa de câmbio do poder de compra": quando aplicada a uma moeda local, resulta no montante que permite adquirir o mesmo cabaz de bens e serviços, nesse país e nos Estados Unidos (porque se define em função do dólar).

Ao usar este método para hierarquizar o PIB, verificamos várias trocas de posição entre os 20 maiores, a entrada de países que não constavam do anterior top 20 e a saída de outros:

#

Ranking de países

PIB 2021

PIB 2021 PPC 

(Biliões USD)

#

Ranking de países

PIB 2021

PIB 2021 PPC 

(Biliões USD)

1República Popular da China27,1 11Turquia2,9
2Estados Unidos22,912Itália2,7
3Índia 10,213México2,7
4Japão5,614República da Coreia2,5
5Alemanha4,815Canadá2,02
6Federação Russa4,416Espanha1,98
7Indonésia3,517Arábia Saudita1,7
8Brasil3,418Austrália1,43
9França3,3219Polónia1,41
10Reino Unido3,2720Egito1,38

Fonte: FMI. Valores a preços correntes; PIB expresso na escala longa: 1 bilião = 1 milhão de milhões (1.000.000.000.000); PPC = paridade dos poderes de compra.

Para além dos que entram e dos que saem da lista anterior, temos a China, que sobe destacadamente para o 1.º lugar  (+10,2 biliões de dólares), remetendo os Estados Unidos para a 2.ª posição. Outra subida significativa é a da Índia, para a 3.ª posição, com um PIB ajustado superior a 10 biliões de dólares. E isto acontece porquê? Tomemos o exemplo da Índia.

À data deste artigo, uma rupia indiana equivale a 0,01311 dólares (1 INR = 0,01311 USD). Com uma rupia indiana não se compra sequer um dólar, a moeda é mais fraca que o dólar. Se virmos a relação entre as duas moedas "ao contrário", então 1 USD equivale a 76,3 INR (1/0,01311). Agora, o que se compra com um dólar nos Estados Unidos e o que se compra com o seu equivalente na Índia (com cerca de 76 INR)? 

De acordo com a OCDE, o conversor do poder de compra da Índia é de 23 UML (unidades de moeda local) por dólar americano. O que quer dizer que, considerando o poder de compra dos 2 países, não são precisas 76 rupias, mas apenas 22 para se comprar a mesma quantidade de bens nos Estados Unidos e na Índia. De outro modo, dividindo 76 por 23, obtemos aproximadamente 3,3. Dividindo o PIB PPC, pelo PIB sem ajustamento, obtém-se 3,4 (10,2/2,95). A diferença decorre de estarmos a trabalhar com números arredondados.

Isto significa que o mesmo cabaz de bens e serviços custa 3,4 vezes menos na Índia do que nos Estados Unidos. O custo de vida na Índia é inferior. E isto acontece porque os custos de produção são inferiores.

Um exemplo, o salário médio mensal nos Estados Unidos é de 5.378 USD, enquanto na Índia é de 160 USD. Este motivo explica que muitos países prefiram importar de países de baixo custo a produzir internamente. Este é também um fator a analisar quando se vai trabalhar para outro país. 

Ranking dos países com maior PIB per capita (paridade do poder de compra)

A divisão do PIB pelo número de habitantes de um país permite obter uma ideia sobre a distribuição de riqueza face à população. No entanto, acaba por ser uma média, ocultando reais problemas de pobreza. Como sabemos, a riqueza de um país não se distribui uniformemente. Há, muitas vezes, franjas de pobreza, mais graves nuns países do que noutros.

Apenas indicadores de desenvolvimento, analisados em conjunto com dados sobre o PIB das nações, permite aferir do verdadeiro estado de riqueza, em todos os sentidos, de uma população.

De todo o modo, também com as suas fraquezas, este é o ranking do PIB per capita mundial, onde o Luxemburgo, Irlanda, Singapura, Qatar e Suíça constituem o top 5 (usamos, também aqui, o indicador ajustado pela PPC):

#País

PIB per capita, PPC 

(2021; USD)

PIB per capita nominal, PPC

(2020; USD)

1Luxemburgo126.569117.984 (#1)
2Irlanda111.36095.994 (#4)
3Singapura107.67798.512 (#2)
4Qatar100.03796.607 (#3)
Suíça78.11273.246 (#5)
6Emirados Árabes Unidos74.24571.139 (#6)
7Noruega69.85965.841 (#7)
8Estados Unidos69.37563.358 (#8)
9Macau SAR67.47554.943 (#17)
10Brunei Darussalam65.67562.306 (#9)
11San Marino65.44660.490 (#10)
12Hong Kong SAR65.40359.656 (#11)
13Dinamarca63.40559.136 (#12)
14Países Baixos61.81657.665 (#13)
15Taiwan61.37155.856 (#15)
16Áustria59.40655.453 (#16)
17Islândia59.26856.066 (#14)
18Alemanha58.15054.551 (#18)
19Suécia57.42554.480 (#19)
20Bélgica55.91951.180 (#20)

Fonte: FMI; PPC = paridade dos poderes de compra; PIB a preços correntes.

Consulte também PIB: como calcular? e As 25 maiores potências mundiais da atualidade.