Período de carência: o que é e para que serve?

O período de carência pode observar-se por exemplo, num seguro ou num empréstimo.

Período de carência num seguro

O período de carência num seguro é o período que separa o início do seguro e a data de validação das suas coberturas e garantias. Neste período o segurado não pode usufruir das condições de cobertura oferecidas pelo seguro.

Este período de espera é habitual nos seguros de saúde, já que muitos eventuais segurados só optariam por contratar um seguro com o conhecimento de alguma doença pré-existente (deixando de ser um risco mas sim uma certeza).

O período de carência não é uniforme entre seguros de saúde, sendo que mesmo dentro do mesmo seguro podem existir diferentes períodos de carência, para cada tipo da cobertura.

Assim, o período de carência é um dos critérios que deve ter em consideração na escolha de um seguro de saúde.

Veja um glossário do contrato de seguro.

Período de carência num empréstimo

O período de carência constitui-se como uma alternativa disponível ao reembolso antecipado num crédito habitação, que permite jogar com o tempo e com as quantias disponíveis.

Este período é um prazo durante o qual o mutuário não amortiza capital do empréstimo, pagando somente juros relativos ao valor em dívida. Assim, a prestação a pagar nesse prazo será mais reduzida.

Ao cessar o período de carência, a prestação a pagar será mais elevada, pois passará a incluir então a vertente da amortização de capital.