Novos passes de transporte Navegante: passe único e passe família

A criação de um passe único de transportes com preços mais acessíveis, anunciada no Orçamento de Estado 2019, já se concretizou em Lisboa. Saiba tudo sobre os novos passes de transporte.

Os novos passes de transporte começaram a ser vendidos no dia 26 de março de 2019. Os passes podem ser carregados nas bilheteiras, nas máquinas, no multibanco ou online (link direto aqui). Os cartões Lisboa Viva passam a ser o único título permitido. Todos os outros cartões têm de ser substituídos por um cartão VIVA.

Preço dos passes

Estes são os preços dos novos passes de transporte:

  • Passe Navegante Metropolitano a € 40: todos os transportes da Área Metropolitana de Lisboa (inclui todos os transportes de Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira).
  • Passe Navegante a € 30: todos os transportes de apenas um dos 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa.
  • Passe +65 a € 20: todos os transportes da Área Metropolitana de Lisboa para pessoas com mais de 65 anos.
  • Passe 12, totalmente gratuito: todos os transportes da Área Metropolitana de Lisboa para crianças menores de 13 anos.

Sobre o valor dos novos passes, continuarão a aplicar-se os descontos do Passe 4-18, Passe sub 23 e Passe social +.

Se atualmente é beneficiário de um passe que custa menos de € 40 é previsível que o passe se mantenha válido e ao mesmo preço.

Vantagens do passe família

As famílias beneficiam de descontos nos transportes públicos. Independentemente do número de pessoas que pertençam ao agregado familiar, cada família só tem de pagar 2 passes (no máximo € 80, em toda a AML, ou no máximo € 60, para navegar apenas num dos 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa).

Numa família de 5 pessoas com passes Navegante Metropolitano (transportes em toda a AML), a poupança ao adquirir o passe família é de € 120 por mês, € 1440 por ano.

Como pedir o passe família

Os passes família podem ser pedidos desde 22 de julho de 2019 e levam 10 dias a ser emitidos. Em termos práticos, cada família escolhe um requerente que tratará de pedir o passe nos Espaços Navegante existentes nas estações de Metro Alameda, Entre Campos e Jardim Zoológico, abertos nos dias úteis, entre as 7h45 e as 19h45.

Para comprovação da constituição do agregado familiar será necessário apresentar uma declaração de agregado familiar, retirada do Portal das Finanças, ou, em alternativa, uma certidão de domicílio fiscal para cada elemento do agregado (instruções aqui).

Requisitos para aceder ao passe família

Para terem acesso ao passe família, as famílias têm de preencher os seguintes requisitos:

  • todos os membros da família têm de ter a mesma morada fiscal;
  • a morada fiscal da família tem de se localizar num dos 18 concelhos da AML;
  • todos os membros da família têm de ter cartão VIVA;
  • considera-se que integram o mesmo agregado familiar o Requerente Responsável e seus ascendentes, descendentes e afins (cônjuge ou pessoa em união de facto, avô, avó, pai, mãe, sogro, sogra, filhos, netos, aditados e tutelados).

Pode obter mais informações ligando para a linha telefónica de apoio 210 118 218 (disponível nos dias úteis, das 09h00 às 19h00), junto dos operadores de transporte ou nos sites do Metro, AML e o Portal VIVA

Validade do passe

Os novos passes de transporte têm validade mensal. Deixam de ter validade por 30 dias, e valem para o mês em que são carregados. Isto significa que todas as pessoas passam a ter de carregar o passe no início de cada mês.