Por: João Paulo Moura

Como fazer uma passagem de ano barata

A passagem de ano representa tradicionalmente uma considerável despesa para o bolso das pessoas que gostam de festejar a noite mais longa do ano em grande.

Mas quem gosta de festejar, e ainda assim manter a ordem nas suas poupanças, pode seguir as seguintes estratégias para fazer uma passagem de ano barata.  

1. Entrar em festas gratuitas

Realizam-se festas de passagem de ano gratuitas de norte a sul do país, patrocinadas pelas câmaras municipais, onde não faltam concertos, teatro ao vivo, fogo-de-artifício e a tradicional contagem decrescente. Caso se desloque a pé, a festa da passagem de ano até lhe pode ficar gratuita.

2. Comprar vouchers com estadias em hotéis

Compre vouchers em sites de descontos e reserve a sua estadia para a passagem de ano. Deve fazer a sua reserva o quanto antes, visto os hotéis encherem na passagem de ano. Tenha em atenção as condições de compra do voucher, pois pode estar interdita a utilização do voucher na passagem de ano.

3. Alugar um espaço em conjunto

Quem gosta de viagens e de convívio pode combinar uma passagem de ano com os amigos num local como o Gerês ou a Serra da Estrela, por exemplo. Com o aluguer da casa a ser distribuído por todos, e com cada um a contribuir para a comida e a bebida, a passagem de ano fica mais barata.

4. Organizar uma festa caseira

Maior poupança é conseguida com a disponibilização da própria casa para a organização de uma festa, recebendo familiares e amigos. Os convidados estão responsáveis por trazer comida e bebida. Mesmo quem é convidado poupa imenso com esta estratégia. Saltar de casa em casa, de festa em festa, aumenta a diversão.

5. Comprar roupa em saldos

Aqueles que não dispensam roupa nova na passagem de ano, o que até faz parte das superstições da passagem, podem comprar o vestuário nos saldos de inverno que costumam começar logo após o Natal.

6. Improvisar um programa

Também pode fazer o próprio programa para a passagem de ano. Um exemplo é passar as doze badaladas no miradouro da cidade e apreciar o fogo e a paisagem. Outro exemplo é na praia, debaixo das estrelas e com o som das ondas. Ainda outro é acampar, com uma indispensável fogueira. Precisa de mantas, lanternas, snacks, bebidas, e companhia, claro. A noite convida à utilização da imaginação e ao divertimento.

Boas entradas!