Pagamento à Segurança Social por Débito Direto

O trabalhador independente pode pagar à Segurança Social por débito direto em vez de ter de se deslocar para fazer o pagamento à Segurança Social na tesouraria desta entidade ou por multibanco.

Como aderir ao pagamento por débito direto?

Para conseguir pagar as contribuições da Segurança Social por débito direto é necessário aceder à página da Segurança Social Direta. Aqui deve inserir o número de identificação de Segurança Social (NISS) e a senha pessoal (pedida com antecedência).

De seguida deve aceder ao menu “Conta-corrente” em “Pagamentos à Segurança Social" clicar em "Autorizar débito direto para pagamento de contribuições”.

É pedido para se celebrar um contrato de adesão. Prima “Seguinte” e coloque a informação solicitada.

Leia as condições do contrato de adesão e carregue em “Aceito” se concordar com as condições propostas.

Pagamento por débito direto

Após o pedido de pagamento por débito direto à Segurança Social, o contribuinte tem de esperar pela receção de uma mensagem de confirmação na Segurança Social Direta, com a indicação de “débito ativo”.

As adesões realizadas até o dia 30 de cada mês são ativadas no mês seguinte. Na Segurança Social Direta o contribuinte pode consultar a data e o valor a retirar da sua conta, até ao terceiro dia útil de cada mês. O dia da cobrança é dia 15 de cada mês ou o dia útil seguinte a este.

Saiba mais sobre o funcionamento do débito direto.