O que Não Declarar no IRS?

Consulte os rendimentos que não precisa de declarar no IRS anual.

Subsídio Sociais

Não precisa de declarar os rendimentos obtidos de subsídios sociais como o subsídio de desemprego, o rendimento social de inserção, o abono de família ou o subsídio de funeral, por exemplo.

Certas indemnizações

As indemnizações e pensões recebidas por acidente de trabalho, lesão corporal, ou doença, em acidente de viação e serviço militar não entram no IRS. Normalmente, a indemnização por despedimento também não entra no IRS. Existem contudo várias indemnizações que entram na declaração.

Leia tudo sobre as indemnizações recebidas e o IRS.

Rendimentos de trabalho e de pensões inferiores a 8500 euros

Não precisam de ser declarados os rendimentos de trabalho dependente (categoria A) e/ou de pensões (categoria H) até 8.500 euros, sem retenção na fonte, desde que não se opte pela tributação conjunta e não se tenha recebido pensões de alimentos acima de 4.104 euros.

Descubra quem não precisa de entregar o IRS.

Prémios recebidos

Estão isentos de tributação os prémios científicos, literários e artísticos atribuídos em concurso público, sem cedência de direitos de autor.

Bolsas desportivas

Isenta-se de tributação as bolsas de formação inferiores a 2375 euros anuais atribuídas aos praticantes amadores, juízes e árbitros. As bolsas de praticantes de alto rendimento desportivo encontram-se igualmente isentas.

Juros

Os juros não são obrigatoriamente declarados no IRS mas pode ser vantajoso declarar os mesmos. Leia sobre a declaração de juros no IRS.

Veja por outro lado o que declarar no IRS.