Ative as notificações para receber todas as novidades sobre Impostos, Finanças e Poupança.

Qual é o número de anos de isenção de IMI?

A isenção de IMI pode ser temporária ou permanente, consoante os rendimentos anuais das famílias (153.300€ e 15.295€ respetivamente).

No caso das isenções posteriores a 2007 aplicam-se as seguintes regras de acordo com os valores patrimoniais dos imóveis e os rendimentos do agregado familiar.  

Tabela de isenção de IMI por anos

Ano de compra ou arrendamento Valor patrimonial tributário do imóvel (€) Número de anos de isenção Rendimento do agregado familiar (€)
A partir de 2007  Até 157.500  6  - 
 De 157.500 até 236.250  3  -
A partir de 2009  Até 157.500  8  - 
 De 157.500 até 236.250  4   - 
A partir de 2012  Inferior a 125.000  3  153.300

Ao mesmo contribuinte ou agregado familiar, esta isenção só pode ser atribuída duas vezes, em momentos temporais diferentes. 

Isenção de IMI mesmo após o término da isenção temporária

Ficam isentos de pagamento de IMI permanentemente, os proprietários de prédios urbanos e rústicos cujo agregado familiar apresente rendimento bruto total, para fins de IRS, de 2,3 vezes o valor anual do Indexante dos Apoios Sociais (475 x 14 meses, já que até que o valor do IAS iguale o valor do ordenado mínimo nacional, aplica-se o valor de 475 euros, da Retribuição Mínima Mensal Garantida de 2010).

Assim, apenas se pode ter direito a isenção permanente de IMI, se o rendimento do agregado familiar não exceder 15.295€ anuais e se o imóvel não tiver sido avaliado num montante superior a 66.500€.

Desde 2015 que esta isenção é automática, sem necessidade de provar anualmente os rendimentos.