10 Motivos pelos quais os melhores colaboradores se demitem

As demissões no trabalho são problemáticas e saem caras aos patrões, que têm de investir em recrutamento, formação e ainda esperar que a nova contratação comece a obter os mesmos resultados que anteriormente, enquanto o trabalho vai sendo distribuído por outras pessoas já atoladas de trabalho.

Para evitar que os seus melhores trabalhadores batam com a porta tem de estar atento aos motivos evitáveis para estes se despedirem.

1. Estagnação

Os melhores trabalhadores são aqueles que gostam de ser estimulados e receber novos desafios, sentindo que estão em constante progressão. Muitas vezes, ao estar muito tempo na mesma função, sem novos projetos aliciantes que o tirem da rotina, o trabalhador acaba por se sentir estagnado.

Para manter os trabalhadores motivados é necessário estabelecer novos desafios e oportunidades. Falhar em desenvolver as capacidades de um trabalhador é um motivo para este procurar quem as desenvolva.

2. Falta de empatia com o chefe e a empresa

Costuma-se dizer que uma pessoa que se demite não deixa um emprego, mas sim um patrão. Mais de metade das pessoas que se despedem fazem-no por causa da relação com o patrão, já que é difícil trabalhar 8 horas por dia incondicionalmente para alguém que não se importa com nada mais do que os resultados e a produtividade de um trabalhador.

3. Fazer promoções questionáveis e novas contratações

O que custa mais do que não ser promovido é ver outras pessoas que não trabalham tanto, ou que acabaram de chegar, o serem. Geralmente os patrões demonstram um gosto especial por alguns trabalhadores, o que causa insatisfação nos restantes.

Não ter em atenção quem realmente se esforça e é talentoso dentro da empresa leva ao surgimento de pedidos de demissão.

4. Falta de reconhecimento

Muitas vezes bastam umas simples palavras de apreço pelo trabalhador para que este se sinta valorizado e motivado. Se deixar um bom trabalho passar despercebido, o mais certo é que o trabalhador não se sinta motivado para o repetir, o que não é só mau para o trabalhador, como também para a empresa, que não tem os seus colaboradores a trabalhar no seu potencial máximo. Estes trabalhadores frequentemente cansam-se de não ver o seu mérito reconhecido.

porque os colaboradores se demitem

5. Falta de visão e objetivos claros

Um trabalhador motivado é aquele que sabe qual a visão da empresa, os objetivos definidos e o que é esperado dele. Quando uma empresa é incapaz de comunicar aos seus colaboradores a finalidade do seu trabalho e qual o objetivo maior e comum, estes podem começar a sentir-se cada vez mais desligados e desmotivados, não vendo um propósito nas tarefas diárias.

6. Falta de autonomia

Se os piores trabalhadores gostam de ter o chefe a dizer-lhes o que fazer constantemente, os melhores trabalhadores estremecem com um chefe controlador e obsessivo que não os deixam trabalhar como querem. Receber uma tarefa e ter autonomia para trabalhar é tudo o que estes trabalhadores precisam do chefe que, desta forma, lhes está a demonstrar confiança no seu trabalho. Quando isso não acontece, os trabalhadores sentem-se desmotivados.

7. Excesso de responsabilidades

Os melhores trabalhadores tendem a acumular trabalhos de outros trabalhadores que saíram ou a receber tarefas extra precisamente por serem eficientes.

O problema é que os melhores trabalhadores deveriam estar a fazer os trabalhos mais estimulantes e não os mais chatos, e a serem recompensados por isso, o que normalmente não acontece.

8. Faltar à palavra

A chefia que não cumpre com o prometido perante um trabalhador está a pedir para que não se cumpram também as promessas feitas a ela, estando o trabalhador facilmente com um pé na porta de saída.

9. Não deixar seguir as paixões e a criatividade

Os melhores trabalhadores são criativos e apaixonados pelo que fazem, gostando de aproveitar as oportunidades de seguir as suas paixões e de explorar a sua criatividade, com liberdade para trabalhar. Os chefes que confinam o trabalhador ao seu cubículo, à norma e ao número produtivo, falham no estímulo intelectual do trabalhador.

10. Mau ambiente de trabalho

Ninguém gosta de trabalhar num ambiente de trabalho tóxico, onde correm boatos e críticas pelas costas, onde existem conflitos, confusão nas funções, falta de reconhecimento e de respeito. Muito menos os melhores trabalhadores.

Como pode ver, existem muitas razões para um bom trabalhador se despedir, sendo necessário saber acompanhar, estimular e recompensar o trabalho realizado por quem está dentro da empresa.