Mercado de capitais: primário e secundário

O mercado de capitais está dividido entre mercado primário e mercado secundário. Quando a aquisição ocorre em mercado primário, é a empresa que transaciona o título e recebe o investimento. Quando a aquisição ocorre em mercado secundário, a operação de venda de ações ocorre entre investidores, não havendo qualquer intervenção da empresa que cedeu parte do seu capital social.

Mercado primário

O mercado primário, ou mercado de nova emissão, é o conjunto de operações destinadas a vender um título pela primeira vez. A primeira negociação de ações de uma empresa é feita em mercado primário.

Que empresas transacionam ações em mercado primário?

Todas as empresas precisam de captar recursos financeiros para realizarem a sua atividade. Uma das formas possíveis de financiamento consiste em vender parcelas da empresa a investidores interessados. Para que esta venda se concretize é necessário que as empresas sejam sociedades anónimas de capital aberto, cujas ações podem ser livremente negociadas no mercado.

Como se inicia a venda de ações em mercado primário?

Os títulos são emitidos pela empresa e colocados à disposição dos investidores, através de uma oferta pública inicial (IPO, em inglês). A empresa estipula quantas ações quer vender, o valor unitário e o mínimo de ações que têm de ser adquiridas por cada investidor. O mercado primário é constituído pelas aquisições de ações realizadas aquando da oferta pública inicial.

Mercado secundário

Uma vez ocorrendo o lançamento inicial das ações no mercado, as ações passam a poder ser transacionadas entre investidores. O mercado secundário é constituído pelas operações de troca da propriedade de títulos previamente transacionados em mercado primário. Sempre que uma ação é proveniente de um investidor, e não da empresa emissora dessa ação, está a ser negociada em mercado secundário.

Bolsa de valores

A bolsa de valores é o local onde se efetivam as transações do mercado secundário. Como em qualquer outro mercado, o preço das ações na bolsa de valores depende da oferta e da procura. Quanto mais procura existe para um determinado tipo de ações, mais valoriza a ação. Qualquer pessoa pode comprar ações na bolsa de valores, por intermédio de uma corretora de bolsa (broker, em inglês), que são entidades autorizadas pela CMVM.

A mesma empresa pode ter ações em mercado primário e secundário?

Sim. Uma empresa pode, simultaneamente, ter ações em mercado primário e em mercado secundário. Isto acontece porque, ao longo da sua vida, a empresa pode lançar várias ofertas públicas iniciais.

Num momento inicial, a empresa pode decidir por à disposição dos investidores 10% das suas ações e, anos mais tarde, disponibilizar mais 10% do seu capital social. Isto significa que quando a empresa faz a 2ª oferta pública inicial de ações, as ações vendidas na 1ª oferta pública inicial já estão a ser transacionadas em mercado secundário, ao passo que as ações que vão ser lançadas em mercado serão vendidas em mercado primário.