Ative as notificações para receber todas as novidades sobre Impostos, Finanças e Poupança.
Por: João Paulo Moura

5 Mentiras inofensivas que toda a gente conta no trabalho

Por mais que queiramos dizer que nunca mentimos no trabalho, a verdade é podemos muito bem ter já distorcido um pouco a verdade, numa dada altura, mesmo que inofensivamente. Estes são 5 exemplos que comprovam isso mesmo e 5 formas de como contornar a situação.

1. "Apanhei muito trânsito na estrada!"

Existem mil e uma desculpas para se chegar atrasado ao trabalho. A mais popular costuma ser o atraso por culpa do trânsito.

Quando isso acontece de facto, nunca é prazeroso. Para evitar este mau comportamento no trabalho é necessário acordar mais cedo ou programar melhor a saída de casa:

2. "Vou ver o que posso fazer..."

Quando alguém pede um favor é difícil dizer não, mesmo que se saiba que não se pode ajudar ou que uma pessoa não se sente confortável em fazê-lo.

O caminho mais correto é logo dizer que não e não deixar a outra pessoa na expetativa:

3. "Já tinha marcado outro compromisso..."

Quando se recebe um convite para um evento desinteressante ou para mais um convívio da empresa, quando ainda há dias se teve um, a tentação de dizer simplesmente não é grande.

Mas em vez de se confessar a falta de interesse ou vontade, o que seria indelicado, encontra-se rapidamente um bode expiatório: a existência de um compromisso marcado anteriormente.

4. "Estou a trabalhar nisso..."

Como as tarefas a fazer se multiplicam rapidamente no trabalho, é difícil dar conta de todas os recados, adiando-se algumas tarefas indefinidamente. Quando questionados sobre o progresso, em vez de confessarmos que este é inexistente, por vezes dizemos que estamos a trabalhar nisso (pelo menos estamos a caminho disso).

É necessário fazer listas de tarefas com prioridades para não se perder no trabalho:

5. "A minha resposta ficou nos rascunhos..."

Quem comunica maioritariamente por e-mail no trabalho tem tendência a ter a caixa de correio eletrónico sobrecarregada, perdendo simplesmente noção do que já respondeu ou não. Uma possível desculpa a dar para não se ter dado uma resposta é ter deixado a mensagem em rascunhos.

Torna-se imperial instalar extensões de e-mail para não deixar uma pessoa sem resposta: