Quem procura trabalho dispõe de algumas medidas de apoio ao emprego estabelecidas pelo Governo. O primeiro passo passa pela inscrição no respetivo centro de emprego. De seguida, deve-se contactar as empresas e procurar persuadir à contratação através dos apoios concedidos a estas.

Apoio à Contratação via Reembolso da TSU

Este apoio destina-se a incentivar a contratação de desempregados inscritos no centro de emprego com:

  • idade entre os 18 e os 30 anos,
  • idade igual ou superior a 45 anos,
  • idade entre os 31 e os 44 e sem o ensino básico concluído, responsáveis por família monoparental ou cujos cônjuges estejam igualmente desempregados

Com esta medida é feito o reembolso total ou parcial, por um período máximo de 18 meses, do valor da Taxa Social Única paga mensalmente relativamente ao trabalhador contratado:

  • 100% do valor da TSU, no caso de contratos sem termo
  • 75% do valor da TSU, no caso de contratos a termo certo

A candidatura é feita no site do IEFPonline pela empresa, ao registar a oferta de emprego.

Estágios Emprego

Estágios de nove meses para desempregados inscritos nos centros de empregos com idades entre os 18 e os 30 anos, e com uma qualificação de nível 2, 3, 4, 5, 6, 7 ou 8 do Quadro Nacional de Qualificações.
Os estagiários dispõe de bolsas no valor de:

  • 1 IAS – para estagiários com qualificação de nível 2
  • 1,2 IAS – estagiários com qualificação de nível 3
  • 1,3 IAS – estagiários com qualificação de nível 4
  • 1,4 IAS – estagiários com qualificação de nível 5
  • 1,65 IAS – estagiários com qualificação de nível 6, 7 ou 8

A candidatura é realizada online, no portal NetEmprego, no serviço de Candidaturas Eletrónicas a Medidas de Emprego.

Estímulo Emprego

Medida de apoio à contratação de desempregados pelas empresas que consiste em:

  • 80% do Indexante dos Apoios Sociais (IAS) multiplicado por metade do número inteiro de meses de duração do contrato de trabalho a termo certo, não podendo ultrapassar o valor de 80% do IAS x 6;
  • 110% do IAS x 12, no caso de contratos de trabalho sem termo;

  • 100% o valor do IAS multiplicado por metade do número inteiro de meses de duração do contrato, até ao limite de 6 IAS, no caso de contratação de desempregado que se encontre em situações específicas.

A candidatura é feita pela empresa no portal NetEmprego, ao registar a oferta de emprego.

Mais informação no centro de emprego local ou no site do IEFP.