Marketing Mix: Definição e Exemplo

O conceito de marketing mix (ou dos 4 P’s) condensa 4 variáveis:

  • produto (product), 
  • preço (price), 
  • distribuição (place), 
  • promoção (promotion).

Juntos, estes 4 componentes constituem o marketing mix de uma empresa, devendo ser usados articuladamente de forma a que em conjunto possibilitem a disponibilização de um produto com as características desejadas pelos consumidores. No caso do marketing mix de serviços os componentes estendem-se a 8.

Produto

A política de produto compreende as características técnicas, a qualidade, a marca, a embalagem, a inovação, entre outros. Aqui deve-se decidir o que oferecer ao cliente.

Preço

Esta variável refere-se à definição do preço e das suas condições  (descontos, saldos, mensalidades, leilões, etc.) Há que analisar neste ponto a questões como a estrutura de custos, a concorrência e a procura. Aqui decide-se o quanto vai custar ao cliente.

Distribuição

Pela distribuição entende-se os canais utilizados para disponibilizar o produto. A distribuição considera os locais onde vender o produto, os distribuidores e transportadores a usar e o armazenamento, por exemplo. Assim, a distribuição é a forma de chegar ao cliente.

Promoção

A promoção corresponde à comunicação, divulgação do produto. Podem-se usar estratégias de divulgação online ou offline, como anúncios, rádio, etc. É o como ser visível ao cliente.

Exemplo

Passando da teoria à prática temos como exemplo de marketing mix:

  • Produto: PS3, com qualidade, design moderno, vários componentes avançados, diferentes cores, garantia de 1 ano, marca confiável e popular (Sony).
  • Preço: Entre 149€ e 250€, consoante o modelo. Pode ser pago em prestações. Preço promocional no final do ano. Concorrência direta vende a preço semelhante.
  • Distribuição: à venda em lojas de tecnologia e grandes superfícies. Distribuição particular. 
  • Promoção: anúncios televisivos, anúncios em revistas, outdoors e publicidade online.