Ative as notificações para receber todas as novidades sobre Impostos, Finanças e Poupança.
Por: João Paulo Moura

Quer ser mais feliz no trabalho? Deixe de fazer estas 6 coisas

Se quer ser mais feliz no trabalho pode começar por deixar de ter determinados comportamentos que só o deitam abaixo.

1. Impressionar os outros

A felicidade no trabalho depende das relações estabelecidas com os colegas. Não é com demonstrações de posses, cargos e conquistas que vai ganhar a amizade dos seus colegas, mas sim com o interesse genuíno nestas pessoas.

Concentre-se no seu trabalho e impressione os outros com a sua competência.

2. Culpar as outras pessoas

Apontar o dedo é agarrar-se à frustração. Mesmo quando os outros falham no trabalho, você pode ter alguma culpa no cartório, seja por dar pouca informação, um prazo curto ou por pedir em demasia.

Tente assumir responsabilidades quando as coisas correm mal e perceber a dificuldade que os outros sentem.

3. Comparar-se aos outros

A secretária da vizinha é sempre maior do que a minha. Se entrar num ciclo vicioso de comparação com os colegas de trabalho vai cair numa espiral de insatisfação. Os patrões vão sempre ter os seus trabalhadores preferidos. Os contextos serão sempre diferentes.

Estabeleça como concorrência você mesmo. Compare-se apenas ao que você era e ao que você quer ser no futuro.

4. Queixar-se constantemente

Os pensamentos e as palavras têm um grande efeito sobre as pessoas. Queixar-se sobre o rumo das coisas acaba por torná-lo numa pessoa mais amarga e triste.

Quando algo está mal, não perca o tempo com queixas: procure soluções para o problema.

5. Criticar os outros e a si mesmo

Cada pessoa tem os seus pontos fortes e fracos, as suas especificidades, que as tornam únicas. Não é saudável criticar os outros pelas suas falhas, nem o próprio. Agarrar-se ao erro e culpar-se só prejudica o seu trabalho.

Não perca tempo com o negativismo e aprenda com os erros, tal como as pessoas mentalmente fortes.

6. Esperar, simplesmente

Ficar parado no lugar a esperar que as coisas melhorem sozinhas também leva à lenta decadência da sua felicidade. Não é o seu chefe que vai lhe vai propor uma promoção, é você que tem de lutar por ela e a pedir.

Estabeleça objetivos mensais e anuais para a sua carreira. Estipule um plano de ação para alcançar esses mesmos objetivos.

Cultivar estes hábitos progressivamente vai fazer de si uma pessoa mais feliz no trabalho ao longo dos tempos.