Liquidação de Empréstimo com Entrega da Casa ao Banco

A liquidação de empréstimo com entrega da casa ao banco pode passar a ser uma realidade em Portugal. Este ato é também conhecido como dação em pagamento e funciona como último recurso no pagamento de crédito habitação, quando já não existem outras soluções, como o pagamento da dívida por parte dos fiadores.

Entregar casa ao banco para liquidar empréstimo

O Governo está a estudar a possibilidade dos cidadãos com dívidas ao bancos poderem saldar a sua dívida após a entrega da casa à banca. Esta ação estará sujeita a algumas condições, como a dificuldade financeira comprovada do agregado familiar.

Esta medida visa dar resposta aos casos de incumprimento no crédito habitação que têm vindo a aumentar ao longo dos últimos meses. Por dia são entregues aos bancos cerca de 25 casas.

Dicas para Liquidar Empréstimo Habitação

  • Contacte o banco onde tem o empréstimo habitação e verifique a possibilidade de fazer a liquidação da dívida através da entrega do imóvel ao banco;
  • Factores como a localização e características da casa têm influência na decisão do banco;
  • O banco pede uma nova reavaliação da casa para saber o valor atual de mercado da mesma;
  • O cliente é obrigado a pagar os custos do processo, que variam de banco para banco;
  • Caso o valor da reavaliação não cubra o montante em dívida, o cliente é obrigado a efetuar um crédito pessoal para pagar o valor remanescente (se acontecer o contrário o banco não devolve a diferença ao cliente);
  • Tenha em atenção as condições impostas no cumprimento do crédito habitação.

Em Espanha a maioria dos bancos aceita receber a casa como forma de pagamento da totalidade da dívida, desde que:

  • Todo o agregado familiar em idade ativa esteja desempregado;
  • A casa tem de ser a primeira e única habitação da família;
  • O valor de avaliação do imóvel deve ser superior a 60% da dívida em falta;
  • O preço de mercado da casa não pode ser superior a 150 mil euros.

Outras medidas de apoio no crédito habitação são a renegociação da dívida, tentando reduzir a prestação da casa ou o crédito consolidado, ou seja, a consolidação de créditos.