6 Duras lições que o preparam para o sucesso

Já ouviu a anedota do homem que se atirou dum prédio de 50 andares e que repetia para si mesmo enquanto caía: “até aqui tudo bem, o importante não é a queda, mas sim a aterragem”?

Pois é precisamente isso que distingue as pessoas de sucesso das restantes: a forma como se aterra e como se levanta após a queda. Todos caímos, mas poucos sabem reagir à queda.

Estas quedas são lições para o sucesso que podemos aprender, mesmo que da pior maneira.

1. O primeiro passo é o mais difícil de dar

Quantos objetivos não realizamos com medo de começar? Quando queremos atingir algo importante, o primeiro passo é desafiante, mas tem de ser dado, caso contrário não alcançamos nada.

As pessoas que vencem o medo e a ansiedade em dar este grande passo sabem que o resultado final compensa todo o sofrimento.

Dê o primeiro passo tendo em mente o resultado final e não as dificuldades que vai encontrar.

2. Somos o nosso maior inimigo

Muitas vezes o nosso maior obstáculo está dentro de nós, pois colocamos limites ao que podemos fazer e nos massacramos com erros do passado e com visões negras do futuro. Grande parte dos nosso problemas são mentais e auto infligidos.

Tenha pensamentos positivos para ter também ações e resultados positivos.

3. Há coisas que não se podem controlar

Uma pessoa tem sempre menos controle sobre algo do que deseja. Existem tantas circunstâncias na vida que se torna desgastante tentar prevenir e controlar um ou mais resultados. O que é possível é preparar uma reação e aprender com ela.

Prepare-se para diferentes cenários e concentre as suas energias naquilo que pode efetivamente controlar. Tudo o resto lhe faz perder cabelos em vão.

4. As coisas boas demoram a acontecer

Quem espera sempre alcança. O sucesso demora a aparecer. Ouvimos frequentemente casos de pessoas que tiveram de tentar centenas de vezes e de esperar décadas até alcançarem o sucesso.

O escritor Malcom Gladwell sugere até que o domínio de uma coisa requer 10 mil horas de foco incansável. Pratique algo até à perfeição.

5. Não se pode contar com toda a gente

Muita gente não nos vai ajudar. Mesmo quem nos é mais próximo. As pessoas que mais gostamos também têm os seus problemas e responsabilidades. Por vezes elas não vão estar lá para nos ajudar. Não vale a pena perder tempo a tentar convencer quem não nos quer ajudar, tal como não se deve condenar quem não o pode.

Selecione as suas companhias e evite pessoas tóxicas que só lhe trazem negatividade e pessimismo.

6. Arrependemo-nos mais do que não fizemos do que aquilo que fizemos

Quando as pessoas chegam ao final da sua vida elas arrependem-se mais facilmente daquilo que não fizeram do que aquilo que fizeram.

Não tenha de arriscar e de descobrir. Pelo menos você tentou. É melhor viver com arranhões do que morrer por dentro, ainda com uma pele intacta. Os arranhões darão boas histórias para contar.

Veja o que mais pode aprender com as pessoas bem-sucedidas.