10 Hobbies que o farão mais inteligente

Alguns hobbies o deixarão literalmente mais inteligente. Pode começar com alguns destes hobbies por poucos minutos por dia, aumentado sucessivamente o tempo até os dominar perfeitamente.

1. Jogar xadrez

Um grande hobby que pode ter é o xadrez. Este passatempo estimulará os dois lados do seu cérebro. Segundo alguns estudos, este passatempo aumenta o coeficiente intelectual dos estudantes, reforça a memória e a concentração, estimula a criatividade e previne o Alzheimer.

2. Resolver quebra-cabeças

Resolver cubos de Rubik é referido como um dos melhores exercícios mentais a praticar e um dos maiores desafios a vencer. Não só aumenta a confiança, como também aumenta as capacidades cognitivas.

Para além deste desafio também pode recorrer a livros com quebra-cabeças, charadas, palavras cruzadas, sudoku e diferenças. Para o desafio final pode tentar resolver um cubo de Rubik com sudoku.

Mesmo quando está sozinho sem um cubo ou um livro de quebra-cabeças pode entreter-se a praticar matemática mental, com os números que vê (ou com o número de coisas que conta).

3. Aprender um novo idioma

Aprender uma nova língua não só alarga a habilidade comunicativa como também a mental. É ainda uma forma de conhecer uma nova cultura e de abrir a mente para novas realidades.

Existem até estudos que afirmam que as pessoas bilíngues são melhores a resolver problemas.

4. Aprender a tocar um instrumento

Quando se ouve música são ativadas várias áreas do cérebro. Já quando se toca música, essa atividade se converte num exercício completo, trabalhando capacidades motoras e ligando os dois hemisférios do cérebro.

Albert Einstein, por exemplo, tocava piano e violino nos tempos livres.

5. Ler todos os livros que puder

Quer manter o cérebro jovem? Leia com frequência, livros de todas as áreas. Ler permite melhorar a criatividade e as capacidades cognitivas. Com a leitura melhora a inteligência fluída, cristalizada e emocional. Para expandir mais a mente pode ler grandes obras da filosofia.

Tente ler todas as noites antes de dormir.

6. Escrever livros ou posts online

Mais do que ler, pode escrever nos tempos livres, obrigando o seu cérebro a relacionar e a criar. Ao escrever está a digerir o que vivenciou e aprendeu. Como bónus, ao ler livros de outros autores começará a notar em erros e a descobrir o que distingue uma boa escrita de uma má escrita.

7. Jogar videojogos

Jogar videojogos é um outro exercício mental que pode fazer, divertindo-se ao mesmo tempo. Alguns tipos de videojogos ajudam a melhorar a coordenação e o funcionamento cerebral, potenciando a capacidade de tomar decisões em situações críticas e a rapidez visual.

8. Viajar com frequência

Poucas coisas são tão enriquecedoras como viajar. Com as viagens pelo mundo consegue perceber melhor a história humana, a natureza, as diversas culturas e linguagens, as religiões, a arte, a arquitetura, etc.

9. Praticar desporto

Praticar desporto diminui o stress e aumenta a circulação do sangue no cérebro. Segundo os investigadores da Universidade British Columbia, a simples atividade aeróbica incrementa o tamanho do hipocampo, a área do cérebro relacionada com a aprendizagem e a memória.

10. Praticar a meditação

A prática da meditação ajuda a ganhar controle emocional e a concentração. De acordo com os estudos da neurocientista Sara Laza, de Harvard, as pessoas que meditam têm mais grossas as partes do cérebro responsáveis pela aprendizagem, raciocínio, memória, empatia e compaixão.