16 Hábitos irritantes a evitar no trabalho

Para além de levarem os colegas de trabalho à loucura, os hábitos irritantes são venenosos para um trabalhador, que é ostracizado pelo seu comportamento. Para não ser encarado como o chato ou a chata da empresa deve evitar os seguintes hábitos irritantes no trabalho.

1. Falar muito

Um dos hábitos mais irritantes é falar em demasia, atrasando o trabalho de quem ouve.

Reserve a conversa não relacionada com o trabalho para fora do expediente, se gosta muito de falar.

2. Falar alto

Por vezes os trabalhadores esquecem-se que não estão sozinhos e falam alto, perturbando o trabalho de todos.

Dirija-se ao lugar dos colegas para evitar falar alto. Espere pelos momentos de intervalo para extravasar o seu entusiasmo.

3. Interromper

É falta de educação interromper quem está a falar.

Espere pela sua vez de falar e aprenda a ser um bom ouvinte.

4. Comer na secretária

Pode levar a marmita para o trabalho, mas deve evitar comer na sua secretária, distraindo os colegas com cheiros e barulhos.

Utilize a cozinha ou a sala de convívio para fazer as suas refeições.

5. Ficar com os créditos

Tanto ficar com os créditos do trabalho realizado por outros ou apenas copiar o que os outros fizeram ou disseram é extremamente irritante.

Não omita os verdadeiros autores das ideias ou de uma obra, para ser tratado com o mesmo respeito.

6. Usar e abusar do telemóvel

É um toque de chamada irritante. É falar alto e colocar a chamada em alta voz. É usar o telemóvel numa reunião. Tudo à volta do telemóvel distrai.

Modere a utilização do telemóvel no trabalho.

7. Contrariar

Algumas pessoas adoram debater, contrariando tudo e todos só pelo gosto de desafiar.

Encare as situações com isenção e tente perceber os diferentes pontos de vista.

8. Acusar

Um dos colegas de trabalho mais desprezados é o acusador, cujo radar de erros está sempre ligado, apontando depois o dedo acusador.

Tente promover-se pelo mérito do seu próprio trabalho, não pelo desmérito dos outros.

9. Assobiar ou cantar

Dois atos desconcertantes são cantar e assobiar no local de trabalho.

Utilize os seus talentos vocais em privado ou com plateias que não os colegas de emprego.

10. Enviar e-mails despropositados

Uma forma de distrair e importunar os colegas é enviar-lhes demasiados e-mails, sobretudo mensagens não diretamente relacionadas com eles e com o seu trabalho.

Seja seletivo nos e-mails que envia, poupando o seu tempo e o tempo dos outros.

11. Escutar conversas e selecioná-las

Há quem coloque os auriculares para ouvir música e não escute quando lhe é feito um pedido, mas que depois intervém nas conversas quando lhe apetece e fala de coisas que supostamente não ouviu.

Preste atenção aos que os outros lhe dizem e também àquilo que diz aos outros.

12. Levar algo sem pedir

Por vezes desaparecem misteriosamente cadeiras, teclados, agrafadores ou outros materiais.

Peça sempre autorização para utilizar algo dos outros e devolva o que levou emprestado.

13. Adiar

A reunião era importante, mas foi adiada e nunca mais foi retomada.

Estabeleça datas concretas e siga métodos para não falhar aos compromissos.

14. Roer as unhas

Roer ou cortar as unhas são hábitos para não ter (o primeiro) e para ter em privado (o segundo).

Utilize uma bola de stress, nos momentos de maior ansiedade.

15. Trabalhar doente

Fungar, espirrar, tossir são gestos que preocupam os colegas, que têm receio em ficarem também doentes.

Tire o dia para descansar e para recuperar de uma doença.

16. Procrastinar

Outro ato que deixa os colegas irritados é procrastinar, nas redes sociais por exemplo. Quem o faz só está a mostrar ao patrão que não quer trabalhar.  

Faça pausas construtivas e guarde os momentos de lazer para fora do horário de trabalho.