Fique atento aos falsos anúncios de emprego. Para os descobrir precisa de prestar uma atenção especial na sua procura de emprego.

1. A falta de informação no anúncio

Um ponto que caracteriza os falsos anúncios de emprego é a falta de informação sobre a vaga em questão e sobre a empresa que disponibiliza a vaga. Os anúncios que omitem muita informação ao candidato são na sua maioria falsos, destinados a obter dados das pessoas ou a recrutar pessoas que estão desesperadas para trabalhar, para trabalharem em áreas menos atrativas, como a venda porta à porta.

2. Um pagamento elevado

Desconfie também de anúncios que prometem salários elevados, a partir de casa, ou fora, sem grande esforço. Investigue sobre a vaga e sobre a empresa do anúncio na internet (o seu nome e contactos). Pode ser que encontre testemunhos de pessoas que perderam o seu tempo a se candidatarem à mesma vaga (ou semelhante).

Visite sites de denúncia de empregos como o Ganhem Vergonha.

3. Não exigir experiência

Quando não se pede experiência num anúncio de emprego, a primeira reação que deve ter é desconfiar. Muitos anúncios prometem integração na empresa ou recompensas no final de um estágio de formação, que não é remunerado. O que elas não dizem é que para receber essa recompensa tem de vender um certo número de produtos, por exemplo, ou que não ficará na empresa no final do estágio.

4. O pedido rápido de dados pessoais

Quando lhe responderem rapidamente a uma candidatura desconfie, sobretudo se lhe pedirem dados pessoais, como o NIB, número de contribuinte, da Segurança Social ou o número de cartão de crédito: neste caso não responda de volta. É uma tentativa de burla. Também lhe podem pedir dinheiro para trabalhar, ou para comprar algo, o que é um sinal claro de esquema e falsidade.

Os dados pessoais relevantes só são comunicados na fase final de recrutamento, depois de se ser selecionado. Desconfie de tudo o que lhe é pedido e que não lhe pareça relacionado com o cargo. Não entregue documentos assinados nem cópias dos seus documentos.

5. O nome do e-mail

Preste atenção ao nome do e-mail da empresa. Uma empresa já estabelecida no mercado apresentará um e-mail próprio, em seu nome, e não um serviço geral como o Hotmail, a título de exemplo.

Se receber diretamente na sua caixa de email um proposta de emprego, também deve ficar de pé atrás. É assim que começam as burlas.

Procure trabalho nos melhores sites de emprego em Portugal.