8 exemplos de competências de comunicação para o CV

As competências de comunicação são uma parte integrante do curriculum vitae em formato europeu. Em caso de dúvida quanto ao preenchimento do seu CV, pode analisar os seguintes exemplos de competências de comunicação importantes e escrever no currículo as competências que considera possuir.

1. Comunicação não verbal

A pessoa com boas capacidades de comunicação consegue ler a linguagem corporal dos outros, bem como transmitir a sua mensagem por este meio. Se sabe comunicar para além das palavras, refira isso no seu CV.

2. Escuta ativa

Nenhuma comunicação eficaz é possível se não existir quem preste atenção ao que é dito. Assim, o bom comunicador é aquele que sabe falar, mas também ouvir. Ao escrever o seu CV, lembre-se que escutar ativamente implica, ainda, colocar perguntas pertinentes e interessadas, no seguimento da informação transmitida. 

3. Objetividade

Por outros palavras: clareza, concisão. Muitos oradores, mesmo com aptidão para falar em público, pecam pela falta de objetividade. Seja oralmente ou por escrito, deve sempre tentar comunicar de forma simples e limpa, com poucas palavras, mas certas. O mesmo se aplica ao seu CV, faça dele um exemplo da sua objetividade.

4. Simpatia

Seja no atendimento ao público, seja em vendas, ou simplesmente no quotidiano do ambiente de trabalho, apresentar um sorriso e um tom amigável pode abrir muitas portas e trazer bons resultados. 

5. Empatia

Mais do que simplesmente apresentar um tom amigável, a empatia consegue criar uma ligação entre as diferentes pessoas, dos clientes aos colegas, dos parceiros aos fornecedores, dos chefes aos funcionários. 

6. Respeito

O respeito é apreciado em todo o lado. Se respeitar as pessoas com quem lida, sabendo os seus nomes, ouvindo-as atentamente e percebendo as suas ideias e posições, conseguirá que estas o levem mais a sério.

7. Confiança

A pessoa confiante, que acredita no que diz, é mais persuasiva ao transmitir uma mensagem. As pessoas que a ouvem também acreditam no que ela diz. 

8. Feedback

Numa empresa é importante dar e receber feedback. Mesmo não sendo um gestor ou um supervisor, deve tentar dar um feedback claro e construtivo, aos colegas e aos chefes. Nenhum trabalho de equipa eficaz é possível sem ele.