Já está em curso a 5ª edição dos estágios PEPAL. Depois de suspenso em 2012, o Programa de Estágios Profissionais na Administração Local regressou no final de 2014.

Na prática, o regresso dos estágios PEPAL resulta de uma adaptação dos estágios PEPAC à administração local.

O que é o PEPAL?

Trata-se de um programa de estágios profissionais remunerados para promover nos jovens a experiência prática em contexto de trabalho e potenciar a empregabilidade.

Onde se realizam?

No caso do PEPAL, os estágios decorrem em organismos da administração local, como sejam as autarquias, entidades intermunicipais, associações de municípios e de freguesias e empresas municipais.

Quantos estágios disponíveis?

Para esta edição de 2014/2015, estão previstos 1500 estágios com a duração de 12 meses. A maioria para técnicos superiores.

Quem pode concorrer?

Os estágios PEPAL destinam-se a jovens licenciados à procura do primeiro emprego ou desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) como desempregados. A idade limite são os 29 anos, subindo até aos 35 no caso de jovens com deficiência.

O que recebem os estagiários?

Aos estagiários no âmbito do PEPAL é atribuída uma bolsa mensal acrescida de um seguro e subsídio de refeição.

Onde fazer a candidatura?

Aqui reside uma das principais mudanças da 5ª edição do PEPAL face às anteriores. Se inicialmente o processo era centralizado na Bolsa de Emprego Público (BEP) passam a ser as autarquias as responsáveis pelo recrutamento e seleção dos estagiários.

Logo, as candidaturas são também feitas junto da entidade promotora do estágio, que deverá publicitar o processo no sítio da Internet (se existir). Além disso, o aviso continua a ser divulgado na BEP e em dois órgãos de comunicação social.

Pode ainda consultar a lista de avisos de oferta de estágios.

Conheça mais programas para jovens empreendedores.