Os escalões de IRS para 2017

Os escalões de IRS 2017 (relativo aos rendimentos auferidos em 2016) determinam a taxa de tributação de rendimentos dos contribuintes, para além de imporem limites nas deduções que estes podem efetuar, em despesas com saúde, educação e formação, encargos com lares e imóveis.

Novos escalões de IRS em 2017

Segundo a proposta de Orçamento do Estado 2017, os escalões de IRS em 2017 são:


Rendimento (euros)

Taxa normal
Taxa médiaParcela a abater (euros)
até 7091 14.50%14,50%0,00
+ 7.091 até 20.261
28.50%
23,60%992,74

+ 20.261 até 40.522

37%
30,30%2.714,93

+ 40.522 até 80.640

45%
37,61%5.956,69

+ 80.640

48%
-8.375,89

Os escalões do IRS em 2017 são atualizados em 0,8% de acordo com a taxa de inflação de 2016.

Estes são os escalões utilizados na liquidação anual do IRS e não os escalões que determinam a retenção mensal na fonte do IRS, cujas tabelas já foram divulgadas:

Em 2017 termina a aplicação da sobretaxa extraordinária de IRS. Conheça as datas de eliminação da sobretaxa em 2017.

Antigos escalões de IRS

Os escalões de IRS em 2016 apresentavam as mesmas taxas mas rendimentos inferiores:

Rendimento Coletável (em euros)

Taxa Normal

Taxa Média

Até 7.035

14,5%

14,5%

De mais de 7.035 até 20.100

28,5%

23,6%

De mais de 20.100 até 40.200

37%

30,3%

De mais de 40.200 até 80.000

45%

37,613%

Superior a 80.000

48%

-