8 Erros que Deve Evitar no Preenchimento do IRS

Fique a par de erros recorrentes no preenchimento da declaração de IRS e evite enganar-se ao preencher o IRS 2016, a entregar em 2017, pagando multa ou recebendo um reembolso menor por isso.

1. Esquecer os donativos

Os donativos também podem ser declarados no IRS, podendo deduzir até 25% da importância declarada. Os donativos devem ser inscritos no quadro 6B do Anexo H do Modelo 3, assim como o respetivo código, indicado nas instruções do Anexo H.

2. Declarar mais valias de fundos de investimentos

Em Portugal, o imposto (tributado a 28%) sobre os ganhos do fundos de investimento é imediatamente retido na fonte e não necessita de ser declarado.

3. Incluir juros e amortizações que não sejam da habitação principal

Um erro usual no preenchimento do IRS passa por incluir montantes, a título de encargos com juros e amortizações de empréstimos, que na realidade não foram suportados com a habitação própria e permanente.

4. Colocar o valor errado das pensões de alimentos

Os valores de pensões de alimentos a declarar devem ser os definidos nas sentenças judiciais.

5. Não considerar o estado civil a 31 de dezembro

Ainda que o estado civil tenha mudado, é importante considerar aquele que se aplicava nesta data. É sempre possível, contudo, optar entre a entrega conjunta ou separada.

6. Colocar montante dedutível nos campos de dedução na coleta

Um erro comum, é colocar-se o montante correspondente à percentagem dedutível nos campos de dedução na coleta em vez de colocar todas as despesas.

7. Para os trabalhadores independentes, não preencher o anexo SS

Os trabalhadores independentes devem preencher o anexo SS que comunica à Segurança Social os valores recebidos por serviços prestados ao longo do ano anterior. No entanto, existem trabalhadores independentes isentos a este anexo, como os que nunca tenham atingido rendimento superior a 6 vezes o valor do IAS.

8. Declarar riquezas sem declarar rendimentos justificativos

Bens de luxo e sinais de riqueza sem rendimentos justificativos podem originar tributações extraordinárias que podem chegar aos 60%. Veja aqui quais os rendimentos padrão mínimos para cada uma das manifestações de fortuna que podem chamar a atenção do fisco.

Que cuidados devo ter para evitar erros no preenchimento do IRS?

Há alguns cuidados que todos os contribuintes devem ter para evitar erros ou problemas com o fisco:

  • Antes de preencher o Modelo 3 do IRS, leia todas as instruções e reúna todos os documentos necessários para a o preenchimento da declaração (recibos, declarações da sua entidade empregadora, etc…);
  • Peça ajuda sempre que tiver alguma dúvida. A Autoridade Tributária tem um número de apoio (217 206 707) disponível para que os contribuintes possam tirar as suas dúvidas;
  • No final, verifique toda a informação com tempo e não se esqueça de guardar todos os documentos relativos ao IRS durante 4 anos.