Por: Sara Cardoso

Elétrico, diesel ou gasolina: qual é a melhor opção?

O futuro está nos carros elétricos. As vendas começam a crescer, as marcas estão a investir e é quase certo que, no futuro, esta será a melhor escolha.

No entanto, neste momento, qual será a melhor opção? É preciso avaliar as vantagens e desvantagens associadas a cada um, e como se cruzam com as necessidades e gostos pessoais do comprador.

Diesel: um fim anunciado?

O diesel está a sofrer um desinvestimento, por ser considerado o carburante mais poluente. Com a decisão anunciada por várias cidades, tais como Paris, Madrid, Atenas e México, de proibir a circulação de veículos movidos a diesel a partir de 2025, os consumidores começam a ter que ponderar se vale a pena investir num carro a diesel agora.

Claro que estas restrições vão, em certos casos, estender-se aos carros a gasolina, como por exemplo em Oslo, onde está previsto não ser permitida a circulação de carros com motor de combustão no centro da cidade já a partir de 2019.

Paralelamente as marcas começam já a investir mais em melhorar a oferta dos carros a gasolina ou híbridos gasolina/elétrico, tais como a Lexus, a Toyota ou a Volkswagen, bem como a oferta de carros elétricos está, também, a aumentar.  

Vamos então ver as vantagens e desvantagens associadas a cada caso.

Vantagens e desvantagens dos carros Elétricos

Vantagens:

- Emissões 0, amigos do ambiente

- Conforto de condução, motor muito silencioso

- Vantagens fiscais e, no caso da compra de um carro novo, acesso ao cheque de incentivo sem necessidade de dar um carro para abate

- Autonomia suficiente para uso citadino

- Revisões mais baratas e menos gastos em peças de desgaste

Desvantagens:

- Preço (inicial e baterias)

-  Autonomia que ainda não é equivalente às outras opções, especialmente nas opções mais baratas

- Dificuldades no carregamento, quer por dificuldade de aceder aos postos de carregamento quer pelo tempo que demora a carregar uma bateria. 

Vantagens e desvantagens dos carros Diesel

Vantagens:

- Mais económicos do ponto de vista do consumo: com motores mais eficientes e portanto consumos mais baixos para carros equivalentes e o preço do gasóleo mais baixo que o da gasolina;

- Prestações: os carros a diesel permitem uma condução mais dinâmica, embora os modelos atuais a gasolina consigam prestações equivalentes.

- Face aos elétricos, têm grande vantagem de autonomia

- Menor desvalorização uma vez que continuam a ser mais procurados no mercado de usados

Desvantagens:

- Preço mais elevado na compra face aos carros a gasolina

- Mais poluentes, o que provocou o anúncio de restrições de circulação em cidades por todo o mundo.

-Preços manutenções e peças de desgaste mais elevado

- Fiscalidade mais penalizadora, por exemplo em Portugal

- Desaconselhados para quem faz percursos pequenos e citadinos: devido à necessidade de promover a regeneração do FAP

Vantagens e desvantagens dos carros a gasolina:

Vantagens:

- Preço inicial mais competitivo

- Boas prestações e consumos mais competitivos nos carros mais recentes

- Face aos elétricos, têm grande vantagem na autonomia

- Mais adequados para percursos curtos e citadinos: não têm FAP

Desvantagens:

- Preço da gasolina mais elevado

Ou seja, se pretende comprar um carro novo, deve perder algum tempo a analisar bem as suas necessidades e a oferta existente, bem como a sua consciência ambiental, para fazer a melhor escolha. Há opções para todos os gostos.