Descontos para Reformados

Há vários descontos para reformados em vigor no nosso país. São preços especiais para quem deixou a vida ativa, de forma a compensar de alguma forma a redução do rendimento.

Cartões sénior

O cartão municipal do idoso ou o cartão sénior municipal lançados por algumas autarquias são apenas um exemplo dos descontos de que beneficiam os reformados. Com reduções nos preços de utilização de equipamentos municipais, participação em atividades ou compra de produtos no concelho.

Transportes mais baratos

Mas, independentemente do concelho onde residam, há benefícios comuns que qualquer pensionista pode aproveitar. Sobretudo nos transportes, podendo gastar menos nas deslocações de lazer agora que têm mais tempo livre. Seja de autocarro, metro ou comboio.

Cartão Dourado da CP

Para as viagens de comboio, e a pensar nos reformados, a CP criou o Cartão Dourado. Basta que o agregado não ganhe mais do que o Salário Mínimo Nacional (SMN) de 505,00 euros para usufruir de 50% de desconto nos comboios urbanos de Lisboa, Porto ou Coimbra, Alfa Pendular, Intercidades, Regional e InterRegional.

Social + na STCP e Metro do Porto

Andar de transportes públicos no Porto também é mais barato para os reformados. A SCTP e a Metro do Porto oferecem um desconto de 25% na assinatura mensal através do passe Social+ a pensionistas com uma reforma mensal inferior a 503,06 euros. Se além de reformado receber o Rendimento Social de Inserção ou o Complemento Solidário de Idosos, a redução no preço é de 50%.

Cartão Lisboa Viva

Este é o nome do cartão que dá aos reformados da capital desconto de 25% nos passes Navegante e Intermodais do Metropolitano de Lisboa. Mas apenas para os que integrem um agregado familiar com rendimento mensal igual ou inferior ao SMN.

Descontos na eletricidade e gás

Dos descontos para reformados faz ainda parte a Tarifa Social de Eletricidade. A fatura da luz pode baixar, no campo da potência contratada, para os reformados que recebam o Complemento Solidário para Idosos ou a Pensão Social de Invalidez.

Os mesmos requisitos deve cumprir o pensionista que pretenda beneficiar da tarifa social de gás natural, que consiste numa redução da tarifa de acesso às redes de gás natural.