É possível fazer deduções com donativos no IRS. Os donativos que fizer às entidades ao longo do ano podem ser deduzidos na declaração anual de IRS até um certo limite. Conheça as entidades que podem receber donativos.

Dedução de donativos ao Estado

Os donativos ao Estado feitos em dinheiro são dedutíveis até 25% das importâncias declaradas, quer para casados quer para não casados.

Se fizer um donativo de 500 euros ao Estado pode abater até 125 euros no valor a pagar de IRS, por exemplo.

Dedução de donativos a outras entidades

Nos donativos a outras entidades em dinheiro pode-se deduzir 25% das importâncias declaradas, até ao limite de 15% da coleta, tanto para casados como para não casados.

Neste caso, na situação de separado de facto, o limite é reduzido para metade e quando houver um limite para casados e outro para não casados, aplica-se o menor limite.

Em ambos os casos, as majorações são assumidas automaticamente na liquidação.

Veja onde colocar os donativos no IRS.

Limites de dedução de IRS

A soma de todos os benefícios fiscais dedutíveis à coleta não pode ultrapassar os limites:

  • para contribuintes que, depois de aplicado o quociente familiar, tenham um rendimento coletável inferior a 7.000€: sem limite
  • para contribuintes que, depois de aplicado o quociente familiar, tenham um rendimento coletável superior a 7.000€ e inferior a 80.000€, o limite resultante da seguinte fórmula: € 1 000 + [(€2 500 - €1 000) x [ €80 000 - Rendimento Coletável ]] / € 80 000 - € 7 000
  • para contribuintes que, depois de aplicado o quociente familiar, tenham um rendimento coletável superior a 80.000€: 1.000€. ​
  • em agregados com 3 ou mais dependentes a cargo, os limites são majorados em 5% por cada dependente ou afilhado civil que não seja sujeito passivo do IRS.

Os donativos de mecenato concedem redução de IRC.