Crédito fácil: cuidados a ter para evitar problemas

O que lhe aparece como crédito fácil e rápido online pode não o ser. Atente aos cuidados a ter antes de subscrever algum crédito, já que às vezes o pagamento torna-se muito difícil.

Na televisão, na rádio, na internet, nos jornais, nos outdoors. Por todo o lado os consumidores são bombardeados com anúncios a soluções de crédito. Sejam créditos ao consumo ou cartões de crédito. A mensagem é comum: crédito fácil, rápido e seguro, (mesmo com problemas bancários), apresentando juros baixos e prestações suaves.

O que ter em atenção no crédito?

O processo de adesão até pode ser fácil e simples, mas essa facilidade raramente se estende ao período de pagamento. Para evitar problemas, veja que cuidados deve ter:

  • Não olhe apenas para a taxa mensal que lhe é apresentada. Esteja atento à taxa TAEG que vai determinar a sua prestação. Por vezes, os juros dos créditos fáceis podem ultrapassar os 20%;
  • Antes de contratar um crédito, faça primeiro uma simulação. Depois de saber exatamente que taxas são aplicadas e qual o valor da prestação, analise a sua taxa de esforço, isto é, veja se o montante se enquadra no que o seu rendimento mensal lhe permite pagar. Veja aqui como calcular a taxa de esforço.
  • Quando se pede um crédito para uma emergência, a vontade é de o pagar com a maior brevidade possível. E amortizá-lo se a situação económica o permitir. Então cuidado na escolha, porque a maioria das instituições de crédito cobra despesas adicionais pelas amortizações antecipadas;
  • Porque as taxas de juro são altas, pouco amortiza do crédito em cada prestação mensal. Logo, o período de pagamento será muito longo. Cuidado com a gestão do orçamento para não entrar numa situação de endividamento excessivo.

Endividamento é a palavra-chave para o crédito. Há os que já estão endividados e recorrem a esta solução financeira. E depois há os que não conseguem gerir o orçamento com os créditos para pagar e chegam a situações de sobre-endividamento. Daí a nossa lista de cuidados a ter antes de optar por um crédito fácil.

Se não conseguiu evitar a situação, veja o artigo: